Bases para edificar uma grande igreja

Bases para edificar uma grande igreja
Texto: Atos 4:31-35
Introdução: Em dezembro de 2001, a "Torre de Pisa", foi finalmente reaberta ao público, depois de ter sido fechada por quase uma dúzia de anos. Durante esse tempo, os engenheiros completaram um projeto de renovação de 25 milhões de dólares destinados a estabilizar a torre. Eles removeram 110 toneladas de sujeira, e reduziram a sua famosa inclinação em cerca de dezesseis polegadas. Por que isso era necessário? Porque a torre foi inclinando cada vez mais longe da vertical por centenas de anos, a tal ponto que o topo da torre de 185 metros tinha dezessete metros mais ao sul que o fundo, e as autoridades italianas estavam preocupados que, se nada fosse feito, ela em breve entraria em colapso. Qual era o problema? Design ruim? Mão de obra pobre? Uma classe inferior de mármore?
Não. O problema era o que estava por baixo. O solo arenoso em que a cidade de Pisa foi construída não era suficientemente estável para suportar um monumento desta dimensão. A torre não tinha base sólida.
[post_ad]
Atos 4:31 “E tendo eles orado, moveu-se o lugar onde estavam reunidos. E todos ficaram cheios do Espírito Santo e anunciavam a palavra de Deus com ousadia”

1. Oração

O primeiro fundamento que a igreja primitiva foi construída era a oração. A igreja estava continuamente passando o tempo em oração. A oração foi um componente importante da igreja e foi fundamental para seu sucesso a longo prazo. Uma das principais questões na igreja de hoje é que a Igreja e os cristãos não gastam tempo em oração. Deus não pode e não se moverá em uma igreja que não gasta tempo em oração.
O que exatamente a igreja entende por oração?
A palavra grega usada aqui significa despejar todo o coração e todo o seu ser a Deus. O ato de oração é mais do que uma rápida oração, feita durante uma refeição. Orar é dar tudo a Deus e confiar nele para cuidar de cada necessidade. O entendimento é uma completa dependência de Deus, porque Ele é capaz de prever toda e qualquer eventual necessidade.
O livro de Atos é cheio de exemplos da igreja buscando o Senhor através da oração.
* Para substituir Judas como apóstolo - a igreja orou
* Quando a igreja ficou cheia do Espírito Santo - a igreja estava orando
* Quando os apóstolos foram presos e espancados - a igreja orou
* Quando Pedro estava à espera de execução - a igreja orou
* Quando a Ananias foi dito para ir para a Saulo de Tarso, após sua conversão a prova de conversão foi visto no fato de que Saulo estava orando
A palavra oração e seus termos relacionados aparecem 32 vezes diferentes no livro de Atos. Não há dúvida de que a igreja depende de Deus. A igreja moderna, muitas vezes depende apenas do que eles mesmos podem fazer. É surpreendente que as igrejas não estão vendo a mão de Deus se mover entre eles?
Quando a igreja primitiva estava em apuros, eles derramavam seus corações a Deus. Quando a igreja primitiva precisava de direção, ela buscava o Senhor. Quando a igreja primitiva precisava de energia, eles se rendiam à vontade de Deus. Quando a igreja primitiva tinha qualquer tipo de problema ou necessidade, eles iam direto a Deus.
A igreja hoje precisa aprender uma lição valiosa. Quando estamos em dificuldades, temos de procurar Jesus. Quando houver uma necessidade, derrama o teu coração a Cristo. Quando queremos ver o mover de Deus, precisamos orar. Quando queremos ver almas perdidas salvas, precisamos orar.

2. Poder

No momento em que os discípulos terminaram sua oração, tremeu o lugar. O prédio inteiro tremeu como um sinal do poder de Deus. Pedro e João tinham acabado de ser arrastado perante o Sinédrio. Imagine fazer uma aparição perante o Congresso para responder por testemunhar. Pedro e João são orientados a não compartilhar o evangelho. Quando chegam onde estava os discípulos, o que faz a igreja? Não houve reunião de emergência. Comissões não foram formadas para lidar com a situação. A igreja convocou uma reunião de oração. Quando eles terminaram de orar, Deus respondeu. O poder de Deus ressoou através da igreja. Cristo deixou o Seu poder e presença ser sentida de uma forma física.
A palavra aqui é agitado ou abalado. Meios para ver o movimento provocado pelo vento ou uma tempestade, agitar ou mexer ou perturbar. A realidade da situação era simples, Deus estava se movendo na igreja no poder. Você pode imaginar como terminou uma reunião de oração da igreja agitando com o poder de Deus? A igreja poderia usar as coisas que Deus sacudiu.
Quando Deus começa a sacudir a igreja, as coisas começam a acontecer. Na verdade, a igreja precisa ser movida por Deus de maneira contínua. Deus precisa começar a sacudir-nos do nosso comodismo. Nós precisamos sair da nossa própria satisfação pessoal e nosso orgulho para sermos mais usado por Jesus. Jesus precisa começar a sacudir-nos fora de nossa rotina. A maior ameaça para o mover de Deus em uma igreja é a falta de vontade de mudar. A verdade é que Deus tem coisas melhores para as pessoas, mas eles ficam presas as coisas antigas. Jesus precisa sacudir o nosso desejo de uma caminhada espiritual mais profunda. Jesus precisa sacudir o nosso espírito e perturbar os nossos padrões de pensamento, Jesus só precisa apertar um pouco as coisas dentro da igreja.
Lembre-se de onde a igreja provávelmentte se reunia. Não havia espaço para a igreja se reunir em uma casa. A igreja provavelmente voltou para o Cenáculo. A realidade é que o Cenáculo era parte da seção exterior do Templo. Pensar sobre o significado do lugar.
Os discípulos viram Jesus expulsar os compradores e vendedores da seção exterior.
Os discípulos ouviram Jesus ensinar neste lugar.
A Última Ceia foi provavelmente tomada a partir deste lugar.
A vinda do Espírito Santo aconteceu no Cenáculo.
Deus estava se movendo e quando Deus se move nada pode pará-lo.
Incomoda-nos, ó Senhor
quando estamos muito satisfeitos com nós mesmos
quando os nossos sonhos se tornaram realidade porque sonhamos muito pouco, porque nós navegamos muito perto da costa.
Incomoda-nos, ó Senhor
quando com a abundância das coisas que possuímos,
perdemos nossa sede pela água da vida
quando, depois de ter caído no amor, com o tempo,
deixamos de sonhar com a eternidade
e em nossos esforços para construir uma nova terra,
nós permitimos nossa visão do céu escurecer.
Incomoda-nos, ó Senhor
Atrever-se com mais de ousadia, para aventurar-se em mares mais amplos
onde as tempestades mostra teu domínio,
onde perder de vista a terra, veremos as estrelas.
Em nome daquele que empurrou os horizontes de nossas esperanças
e convidou os valentes para seguir.
Amém.

3. Proclamação

Os discípulos então saíram e começaram a proclamar a verdade. A realidade é que as ameaças do Sinédrio não poderia detê-los. A verdade de que Jesus é o Senhor era mais importante que qualquer regra de sabedoria humana. A verdade precisa ser proclamada.
A palavra aqui para anunciar é interessante porque a maioria das pessoas ouvem isso e acham que os discípulos saíram pregando. Nada poderia estar mais longe da verdade. A palavra significa literalmente falar para ter uma conversa normal com alguém. Os discípulos não sairam para as ruas pregando nas esquinas. Em vez disso, sairam e tiveram uma conversa com as pessoas.
Às vezes a melhor maneira de se conectar com as pessoas é simplesmente ter uma conversa. Conversar com as pessoas nos permite não apenas ouvi-las, mas envolvê-los também.
O evangelho é uma mensagem simples, mas infelizmente muitas igrejas o torna complicado. A mensagem de Cristo deve ser bastante fácil para as crianças entender. As igrejas muitas vezes criam mais confusão do que clareza. O evangelho deve ser simples e direto.
A - Reconhecer
B - Crer
C - Entregar

4. Paixão

O conceito que Paulo está tentando se comunicar é que os cristãos precisam estar constantemente buscando a obra do Reino de Deus de forma diligente. A paixão nos impulsiona a fazer mais, buscar mais e fazê-lo de forma urgente.

Sinais da paixão

1. Entusiasmo
As pessoas que estão cheias de paixão são sempre cheias de entusiasmo. Há algo de contagioso sobre a paixão e o entusiasmo é um espírito de fazer. O conceito de entusiasmo é mais do que simples emoção. Emoção desbota com o tempo. Entusiasmo é uma excitação que permanece ao longo do tempo devido a um compromisso duradouro. No momento que as pessoas conhecem a Cristo, há uma emoção que preenche suas vidas. Igrejas prosperam com este tipo de entusiasmo. Quando as pessoas são salvas, há um entusiasmo. Quando as igrejas começam a crescer, há um entusiasmo. Quando as igrejas, criam novos projetos há entusiasmo.
2. Energia
Paixão gera energia dentro da pessoa. Não há nada como a paixão para energizar um crente, uma igreja ou um projeto. Há uma energia ressonante no grupo dos homens agora. Deus está começando a trabalhar na igreja. Acredito firmemente que, quando Deus se move entre os homens dentro de uma igreja, grandes coisas tendem a acontecer. Não porque o ministério das mulheres não é importante. Os homens são mais difíceis de motivar, mas quando as coisas começam a se mover, cria a energia dentro da igreja.
3. Esforço
A paixão exige sempre esforço para mantê-la queimando, mas a paixão cria mais esforço. Quando a paixão pega dentro da igreja, ela começa a se espalhar. Um dos incêndios mais difíceis de conter, é um incendio em um campo aberto. Ele se espalha rapidamente e queima tudo em seu caminho. Paixão é o mesmo na igreja, uma vez que começa a se espalhar todos são tocados por ela. Precisamos ver um incêndio de paixão de Deus varrer a igreja.
4. Incentivo
A paixão cria incentivo que muitas vezes não pode ser contido. No momento em que a paixão captura o coração dos crentes se respira novo alento para a igreja. Paixão estimula incentivo dentro do coração e se move para os outros. Há uma série de razões pelas quais que devemos estar muito incentivados na igreja.

Conclusão: Mateus 16:18

Pr. Aldenir Araújo

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Bases para edificar uma grande igreja Reviewed by Aldenir Araujo on segunda-feira, outubro 11, 2010 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

All Rights Reserved by O Pregador © 2014 - 2015
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.