Pródigos na família, a esperança é Jesus

Pródigos na família, a esperança é JesusTexto: Lucas 15:11-12

Introdução: Há esperança para a FAMÍLIA.  O amor de Deus alcança, até mesmo os pecadores, decepcionados, machucados e os de alma abatida, enfim, todos os que se voltam para  Jesus com o coração quebrantado. A gloriosa verdade que brilha nesta parábola, é o maravilhoso amor de Deus. Podemos aprender com este jovem, como é importante tomarmos ATITUDES  voltadas para Jesus na esperança de alcançarmos RESTAURAÇÃO.

[post_ad]
(ATITUDE: “ Penso em atitude como um sentimento interior que se expressa pelo comportamento exterior ” -  John Maxwell )

Sabemos que a atitude pode ser positiva ou negativa. Porém, olhando para a parábola, precisamos explorar a palavra atitude no contexto voltado para nosso Senhor Jesus e seu Evangelho.

1) Atitude tomada pelo pródigo: encarar a realidade olhando para Jesus. V. 17- 20a

Existe a possibilidade de um novo começo, e isso para todos, mesmo para aqueles que parecem estar além de toda esperança. Não podia haver caso pior do que o do filho pródigo. Todavia até mesmo ele pode começar de novo. Ora, o primeiro passo no caminho da volta, é enfrentar a situação com honestidade e franqueza.

Lemos que esse jovem “caiu em si”. Foi exatamente o que ele fez!  Compreendeu que seus problemas eram resultados exclusivos de suas próprias ações. Ele olhou para si  e mau conseguiu acreditar no que viu! Olhou para os porcos e as bolotas à sua volta. Encarou a  realidade, olhando para o seu pai. Devemos urgentemente olhar para o nosso Salvador, nos arrependendo e tornando o coração sensível ao único que tem o poder de  transformar, JESUS.

2) Resultado desta atitude: Jesus contempla as nossas atitudes restaurando a nossa autoridade. V. 20b - 22

No entanto, quando o pródigo volta a presença de seu pai, ele compreendeu que já não existia nenhuma soberba em seu coração. Assim aprendemos de que quando voltamos para a presença de Jesus, não devemos pleitear nada, exceto a Sua misericórdia e compaixão.

Quando o pródigo abandonou o lar, sua exigência foi: “Dá-me!” “Ele exigiu seus direitos. Estava cheio de auto-confiança  presunção. Mas quando voltou para casa, o seu vocabulário mudou e o que ele diz agora é : “Faz-me”. Quando o nosso coração se encontra quebrantado, humilde e disposto à aprender o Caminho da Verdade, somos Amados, Perdoados, Restaurados, Santificados, Curados. Este conjunto de ações Divinas em nosso “ser” se transforma em Autoridade Espiritual.

3) Atitude do filho mais velho: uma vida totalmente sem espiritualidade. V. 25- 28

E então, o filho mais velho insulta seu pai publicamente, e se demonstra completamente “perdido”. O pai manifesta o mesmo amor em humilhação, porém nada disso resulta em quebrantamento e reconhecimento de rebelião. Ao invés disso, o filho mais velho inicia uma série de murmurações contra seu pai. Este argumento nos revela uma vida sem espiritualidade, uma vida de “religiosidade e legalismo” verdadeiros pródigos que não se humilham diante de Jesus. 

Aplicação: Pense com  a sua célula:
Eu já passei por alguma situação em minha família em que tive que “cair em mim” e mudar de atitude?
Em minha família, já vivi situações em que perdi a autoridade? Ou, perdi a razão, como marido, esposa ou filho... Como restaurei a confiança?

Rev. Ivan Moreira

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Pródigos na família, a esperança é Jesus Reviewed by Aldenir Araujo on terça-feira, setembro 07, 2010 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

All Rights Reserved by O Pregador © 2014 - 2015
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.