Cinco marcas de uma igreja saudável


Cinco marcas de uma igreja saudável
Texto: I Tessalonicenses 5:11-23

Introdução: Alguns acreditam que, I Tessalonicenses é a primeira epístola de Paulo. Ele escreve a eles com a finalidade principal de exortá-los a serem fortes no Senhor. Tessalônica era a capital da Macedônia, situado na parte norte da Grécia. A moderna cidade de Salônica faz de Tessalônica uma das cidades do Novo Testamento com uma história contínua até o presente. Se destaca por suas fontes termais e foi chamada Therma até cerca de 315 aC, quando foi rebatizada para Tessalônica pela meia-irmã de Alexandre, o Grande. Era uma grande cidade situada na estrada principal de ligação romana Roma e Constantinopla.
[post_ad]
A Igreja era predominantemente gentia e não estava isenta de problemas, dentre os quais parece que alguns largaram seus empregos, em previsão da Segunda Vinda, alguns dos quais ficaram revoltados com a liderança por repreende-los, bem como a imaturidade e carnalidade entre os membros. Isso criou uma atmosfera na igreja que extinguiu a ação do Espírito Santo. Paulo escreve por causa de sua preocupação com a saúde da igreja. No nosso texto, algumas palavras finais de Paulo em sua carta, Paulo compartilha as cinco marcas de uma igreja saudável.

Uma igreja saudável é marcada por ...

I. Uma preocupação com as pessoas, v. 11.

Paulo mostrou duas maneiras muito específicas que uma igreja saudável deve manifestar a sua preocupação com as pessoas.
A. Igrejas saudáveis consola os quebrantados de coração, "Portanto, consolai-vos..." Aqueles que perderam seus entes queridos estavam lutando com o que tinha acontecido a eles, portanto, as palavras de Paulo em I Tessalonicenses 4:13-18, terminando em "Portanto, consolai-vos uns aos outros com estas palavras" v. 18. Este foi o ministério de Jesus, ou seja, "... curar os quebrantados do coração." Lucas 4:18. Este é o bálsamo de Gileade.
Estamos consolando aqueles que estão lidando com ...
1. As tristezas da vida, João 11:35. Perda sempre traz tristeza. Dificuldade traz grande tristeza. Com a tristeza, vem a oferta perfeita do Pai das misericórdias e o Deus de toda consolação (2Corintios 1:3-4). Observe que o conforto vem de Deus e dos santos de Deus.
2. As lutas da vida, Gálatas 6:1-2. As dificuldades, o divórcio, a derrota, os sonhos que foram embora, etc. Temos que buscá-los, mantê-los para cima, e edificá-los!
B. Igrejas saudáveis incentivam uns aos outros, "...e edificai-vos uns aos outros...," v. 11. Literalmente, "construir." Observe Hebreus 10: 24-25. Igrejas doentes são feitas por desincorajadores, Ex. Neemias.
Uma igreja saudável é marcada por ...

II. A confiança na liderança, v. 12-13.

É mais provável que os líderes da igreja tinha repreendido alguns dos membros por causa de erro e ou má conduta. A resposta daqueles repreendidos parece ter sido o da rebelião, desrespeito e duras críticas, resultando em conflito e divisão na igreja. Paulo exorta a igreja a demonstrar sua confiança na liderança de duas maneiras, amá-los e estimá-los.
Uma igreja saudável tem um nível de confiança na liderança baseado em ...
A. A compreensão bíblica de liderança, "...reconheçais os que trabalham entre vós ... " v. 12. A palavra "reconhecer" implica tanto o respeito e a compreensão, como, o respeito devido a quem eles são. Há três palavras que a Bíblia usa para revelar a importância da liderança pastoral, tanto o que eles são e o que fazem.
1. Poimen, Pastor: Atos 20:28, "Um pastor, é aquele que cuida do rebanho, guia o rebanho, e alimenta o rebanho." Este é o trabalho do pastor. "que trabalham entre vós." Observe os versos 12 e 13, I Timoteo 5:17.
2. Episkopos, Bispo: I Timoteo 3:2, Tito 1:7, literalmente "supervisor" (epi, sobre e scopeo, olhar ou ver). Aquele que vigia o rebanho. I Pedro 5:2, "o exercício da supervisão". Este é o superintende / supervisão responsabilidade do pastor, “e que presidem sobre vós no Senhor..." v. 12. Observe Hebreus 13:17, "... eles velam por vossas almas, como aqueles que hão de dar conta ..."
3. Presbutero, Ancião: I Timoteo 4:14, 5:17-19, falando sobre a liderança de maturidade espiritual. Esta é a pregação / ensino do pastor. Sua mensagem para você, "...e vos admoestam...", v. 12.
Uma igreja saudável tem confiança na liderança, que está empenhada em ...
B. Um suporte bíblico de liderança, "... e que os tenhais em grande estima e amor, por causa da sua obra." v. 13. I Timoteo 5:17, "Os presbíteros que governam bem sejam estimados por dignos de duplicada honra, principalmente os que trabalham na palavra e na doutrina." Estimamos a nossa liderança através de ...
1. Honra, I Timoteo 5:17 “dupla honra...” Isto é respeito pelo homem de Deus. Honrar significa um grande valor em cima, ou seja, a peso de ouro contra prata. Nós os respeitamo, porque reverênciamos a Deus que os chamou e os enviou para nós. "Não repreendas asperamente os anciãos, mas admoesta-os..." I Timoteo 5:1. A palavra "repreender" (epiplesso), significa "atacar" (epi, em cima ou, plesso à greve ou ferir), portanto, um ataque com a intenção de fazer mal.
2. Apoio financeiro, I Timoteo 4:18.
3. Protegendo a sua reputação, I Timoteo 5:19.
4. Obediência, Hebreus 13:17, "Obedecei...". Não fazer isso traz sofrimento e é inútil para você, v. 17.
5. Oração, Hebreus 13:18, "Orai por nós ..."
Uma igreja saudável tem um ...

III. Compromisso com a maturidade, v. 14, 15.

Isso inclui a maturidade na ...
A. Disciplina Bíblica: "admoesteis os desordeiros..." Esta é a mesma palavra usada no versículo 12 (repreender). Esta palavra "desordeiro" ocorre somente aqui no NT e que era utilizado de um soldado que havia saído das fileiras. Era também utilizada para descrever a conduta desordenada.
B. Devoção bíblica: "consoleis os de pouco ânimo..." Novamente, esta palavra é usada somente aqui no NT. Significa, literalmente, "pequenas almas", aqueles facilmente desencorajados ou com medo.
C. Discipulado bíblico: "sustenteis os fracos e sejais pacientes para com todos" Anti-"contra", ekesthai "para manter-se", literalmente, "manter-se em frente à outra, de modo a sustentá-lo." Talvez uma referência à fraqueza espiritual e moral. Devemos respeitar uns aos outros. Nós somos muito rápidos a julgar e condenar os fracos.
Igrejas saudáveis são marcadas por ...

IV. Coerência no ministério, v. 16-18.

Estas são as ordens permanentes para a igreja. Elas nunca mudam. O modo imperativo dá grande peso a essas liminares. Devemos...
A. Regozijai-vos sempre: Esta é a celebração da vida cristã.
B. Orai sem cessar: Esta é a comunhão da vida cristã.
C. Em tudo dai graças: Esta é a gratidão da vida cristã.
Igrejas saudáveis são marcados por ...
V. Cooperação com o mestre, v. 19-22, "não extingais o Espírito."
Somos chamados para ser "Guardiões da chama". Não podemos permitir que nossos carvões se tornem frios. Nisto consiste o poder espiritual, energia e força. "Não é por força nem por poder, mas pelo meu Espírito diz o Senhor". Extinguir o Espírito pode ser descrito como uma rebelião contra o Espírito, a recusa de permanecer no Espírito, uma resitência a influência do Espirito, ou neutralizando seu trabalho na igreja. Literalmente, Paulo diz: "Pare de apagar o fogo do Espírito." Havia alguns bombeiros profissionais em Tessalônica. Desobediência, imprudência e negligência extingue o Espírito. Murmuração, queixas, fofocas, calúnias e falta de perdão extingue o Espírito Santo. Rebelião, orgulho e um espírito inquebrantável extingue o Espírito. O que devemos fazer? Como estamos cooperando com Deus?
1. "Não desprezeis as profecias," v. 20. "Recebei com mansidão a palavra em vós implantada". Embrace um espírito ensinável. Faça o que Ele diz para fazer! "Tua Palavra é luz para o meu caminho..."
2. "Examinai tudo. Retende o bem" v. 21. Coloque a minha vida ao teste. A imagem de um cadinho ou de um forno. Usado para provar ou purificar os metais. Efeito de determinar se uma coisa é digna de ser recebida. I Coríntios 6: 12, 19-20, 10:23. Sem compromisso.
3. "Abster-se da aparência do mal", v. 22. Literalmente, "todo tipo de mal” Faça da santidade o desejo do seu coração.

Conclusão: Uma sociedade doente, precisa de uma igreja saudável.
Pergunta: “Se cada membro da minha igreja for igualzinho a mim, que tipo de igreja a minha igreja será?”


Pr. Aldenir Araújo

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Cinco marcas de uma igreja saudável Reviewed by Aldenir Araujo on segunda-feira, agosto 09, 2010 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

All Rights Reserved by O Pregador © 2014 - 2015
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.