Canções na prisão

Canções na prisãoTexto: Atos 16:25,26
Introdução: Esta é uma história maravilhosa de dois prisioneiros, que mesmo acorrentados cantavam.
1. No começo nós queremos saber a canção.
2. Então nós queremos saber o que os inspirou a cantar
3. Então, depois de saber o que os inspirou a cantar – nós queremos saber; e, se não tivessem cantado.

Para alguns seu canto pode parecer anormal, mas parece-me normal. Não era o resultado da emoção, mas de uma experiência constante da alma.
[post_ad]
Essa noite eu quero que observemos três coisas
1. O quadro apresentado por estes dois versos.
2. O valor central apresentado.
3. O que nos ensina.

I. O quadro

1. Observe os homens - Paulo e Silas
a. Eles eram judeus - Eram cidadãos romanos - Eles eram cristãos
b. Sua mensagem desafiou as opiniões religiosas de seus dias. - Os judeus e pagãos.
c. Eles estavam chamando os homens a uma nova forma de vida. Consequentemente por onde passavam, criavam distúrbios. Atos 17:6
2. Observe as suas circunstâncias
a. "À meia-noite" - Isto sugere que tudo isso tinha acontecido apenas algumas horas antes.
b. Eles tinham sido espancados e jogados no cárcere.
3. Observe a sua ocupação
a. Eles estavam orando e cantando hinos.
b. Não se tratava de duas coisas separadas - foram juntos.
· Alguém já perguntou: "O que os fazia felizes."
· A resposta: "O que poderia fazê-los tristes?"
4. O resultado - as pessoas ouviam

II. O valor central

1. Na história se revela o que é peculiarmente um cristão - A vitória da alma sobre as circunstâncias adversas.
"Tribulação produz a perseverança" “A tristeza segundo Deus opera arrependimento"
Este é o valor central da história
2. A força destes homens foi encontrada em seu conhecimento de Deus.
3. O paganismo (o mundo), diz: "O que não pode ser curado deve ser suportado." O cristianismo diz: "Estas coisas devem ser suportadas, porque são parte da cura."
4. "À meia-noite" - Na hora mais sombria, eles cantavam e oravam.
a. À meia-noite - o terremoto veio.

III. O ensino

O que podemos aprender com esse fato.
1. Podemos aprender que os homens que cantam, enquanto sofrem são homens que já aprenderam que o sofrimento é como a alegria; produz crescimento. João 16:20 “Em verdade, em verdade eu vos digo que chorareis e vos lamentareis, e o mundo se alegrará; vós ficareis tristes, mas a vossa tristeza se converterá em alegria.” - "Converterá em" e não será "mudada em". Hebreus 12:2
2. Podemos aprender que os homens que cantam na prisão são os homens que não podem ser presos. Era impossível prender Paulo e Silas. Seus corpos podiam estar na prisão - mas eles não.
3. Podemos aprender que os homens que cantam à meia-noite são os homens que são cidadãos de uma terra que não tem noite. O Senhor é sua luz.
4. Podemos aprender que os homens que cantam quando seu trabalho é interrompido são homens cujo trabalho nunca é interrompido. Observe que eles pregavam na prisão.

Conclusão: Tudo o que eu disse até agora tem a ver com o versículo 25, mas vamos observar o versículo seguinte, versículo 26
1. Um terremoto veio - mas nem sempre vem. Perdemos o foco se pensarmos que, quando estamos na prisão um terremoto virá sempre. As portas da prisão podem ser abertas. - No entanto, milhares ficaram na prisão, e eles continuaram cantando e orando.
2. Poucos anos depois, Paulo estava em uma prisão novamente. - Em Roma.
Foi quando estava na prisão que ele escreveu a igreja em Filipos. II Timóteo 4:6-8, 9-14 e 16-18.
Ele ainda estava cantando. Paulo não cantava porque um terremoto estava por vir. 

Ele cantava, porque "a prisão não importava." Paulo cantava porque ele não podia ser preso.

Pr. Aldenir Araújo

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Canções na prisão Reviewed by Aldenir Araujo on terça-feira, agosto 24, 2010 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

All Rights Reserved by O Pregador © 2014 - 2015
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.