Comunhão - impossível sem amor

Comunhão - impossível sem amorTexto: I João 1:3 

“O que temos visto e ouvido anunciamos também a vós outros, para que vós, igualmente, mantenhais comunhão conosco. Ora, a nossa comunhão é com o Pai e com seu Filho, Jesus Cristo.”


Introdução:

1. A fim de; a verdadeira comunhão existir, alguns elementos devem estar presentes.
2. Um desses elementos é o amor.
[post_ad]

I. O amor a Deus.

A. Nossa comunhão com os cristãos é dependente de nosso relacionamento com Deus.
B. Ninguém pode manter comunhão com os cristãos, sem manter comunhão com Deus. Observe I João 1:5-7. “Ora, a mensagem que, da parte dele, temos ouvido e vos anunciamos é esta: que Deus é luz, e não há nele treva nenhuma. Se dissermos que mantemos comunhão com ele e andarmos nas trevas, mentimos e não praticamos a verdade. Se, porém, andarmos na luz, como ele está na luz, mantemos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus, seu Filho, nos purifica de todo pecado.”
C. Não se pode desfrutar da comunhão com os filhos de Deus sem ser filho de Deus. João 3:3-5, Romanos 8:13-17, - “Porque, se viverdes segundo a carne, caminhais para a morte; mas, se, pelo Espírito, mortificardes os feitos do corpo, certamente, vivereis. Pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus. Porque não recebestes o espírito de escravidão, para viverdes, outra vez, atemorizados, mas recebestes o espírito de adoção, baseados no qual clamamos: Aba, Pai. O próprio Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus. Ora, se somos filhos, somos também herdeiros, herdeiros de Deus e co-herdeiros com Cristo; se com ele sofremos, também com ele seremos glorificados.” Gálatas 3:26 - “Pois todos vós sois filhos de Deus mediante a fé em Cristo Jesus;”

II. O amor à verdade.

A. Aqueles que possuem um amor pela verdade, a palavra de Deus (João 17:17), vai aderir à palavra de Deus como a única autoridade em matéria de comunhão.
B. Como cristãos, devemos estender a comunhão unicamente para aqueles que ensinam a verdade. II João 9-11 – “Todo aquele que ultrapassa a doutrina de Cristo e nela não permanece não tem Deus; o que permanece na doutrina, esse tem tanto o Pai como o Filho. Se alguém vem ter convosco e não traz esta doutrina, não o recebais em casa, nem lhe deis as boas-vindas. Porquanto aquele que lhe dá boas-vindas faz-se cúmplice das suas obras más.”
C. Devemos marcar aqueles que praticam uma doutrina contrária à encontrada na Bíblia. Romanos 16:17-18 – “Rogo-vos, irmãos, que noteis bem aqueles que provocam divisões e escândalos, em desacordo com a doutrina que aprendestes; afastai-vos deles, porque esses tais não servem a Cristo, nosso Senhor, e sim a seu próprio ventre; e, com suaves palavras e lisonjas, enganam o coração dos incautos.”
D. Aqueles que praticam tal doutrina, põe em perigo a alma deles, assim como as almas dos outros.

III. O amor a igreja.

A. Paulo descreveu a igreja como uma virgem desposada com Cristo. II Coríntios 11:2 - “Porque zelo por vós com zelo de Deus; visto que vos tenho preparado para vos apresentar como virgem pura a um só esposo, que é Cristo.” A igreja deve direcionar suas afeições para Cristo ao invés do mundo.
B. A igreja é para ser mantida santa e sem defeito, sem qualquer mancha, ruga, nem coisa semelhante. Efésios 5:27 - “para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, porém santa e sem defeito.”
C. A comunhão uns com os outros é possível porque nós (cristãos) somos todos membros de um corpo. I Coríntios 12:20 - “O certo é que há muitos membros, mas um
só corpo.”

IV. O amor ao próximo.

A. Somos ordenados a amar a irmandade. I Pedro 2:17 - “Tratai todos com honra, amai os irmãos, temei a Deus, honrai o rei.”
B. O amor ordenado, não uma emoção, mas um desejo de procurar e realizar o que está no melhor interesse do outro.
C. Devido a equívocos comuns sobre o amor, a ordem para retirar-se da desordem é frequentemente ignorado.

Conclusão:
1. A verdadeira comunhão não pode existir sem amor:
a. Para com Deus.
b. Para com a verdade.
c. Para com a igreja.
d. Para com o homem.

Pr. Aldenir Araújo

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Comunhão - impossível sem amor Reviewed by Aldenir Araujo on quinta-feira, junho 17, 2010 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

All Rights Reserved by O Pregador © 2014 - 2015
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.