Uma mãe de grande fé


Texto: Mateus 15:21-28 - Marcos 7:24-30

Introdução: Hoje nos reunimos não só para comemorar o Dia do Senhor, mas também para homenagear alguém muito importante para todos nós - mãe.

A Bíblia está cheia de histórias de mulheres que foram mães. Muitas delas pareciam ser boas mães, porém nem todas elas eram boas mães.
Jesus disse que apenas duas pessoas tinham "grande (grego mega) fé". Ele disse que um centurião romano que queria que seu servo fosse curado tinha "grande fé" (Mateus 8:10). A outra pessoa que Jesus disse isso também é a mãe em nosso texto de hoje. Esta é uma mãe que tinha "grande fé". 
[post_ad]
O cenário para a nossa história é em encontrados em Mateus 15:21 e Marcos 7:24.
Marcos 7:24 “E, levantando-se dali, foi para os territórios de Tiro e Sidon. E entrando numa casa, queria que ninguém o soubesse, mas não pôde esconder-se”.

Jesus levou seus discípulos com ele para ficar longe por um tempo. Todos os motivos são especulados porque Ele entrou em uma área de gentios:
- Para fugir da pressão dos que queriam fazê-lo rei.
- Para fugir de Herodes Antipas, que queria prendê-lo.
- Para fugir dos líderes religiosos judaicos que queriam vê-lo morto.
- Para ficar longe por um tempo de descanso e ficar a sós com o discípulos.
Por alguma razão, ele se retirou e não quer ser incomodado.

No entanto, como o perfume trai a si mesmo, então, Ele cujo nome é perfume derramado não pode se esconder.

Uma mãe Gentia veio a Jesus em nome de sua filha.

Uma mãe cristã deve ser uma mulher de grande fé.

I. Uma boa mãe se preocupa com o bem-estar de seus filhos. V. 22.

A. Uma coisa é por demais evidente que esta mãe está preocupada com a sua filha. B. Mateus diz que sua filha estava "miseravelmente endemoninhada" (Mateus 15:22). C. Marcos descreve a filha como tendo um "espírito imundo" (Marcos 7:25).
1. Note no versículo 22, que ela implora a Jesus que "tenha misericórdia dela" ajudando sua filha. Acho que vendo sua filha naquele estado a havia afetado muito.
2. Normalmente, quando uma criança sofre, os outros membros da família também sofrem, especialmente a mãe.
3. A mãe é geralmente aquele que fica em casa e cuida da criança doente, ou fica com elas no meio da noite, ou fica com elas no quarto de hospital, dormindo em uma cadeira desconfortável...
4. Acho que a palavra "mãe" está intimamente associada com as palavras como amor, respeito, compaixão e proteção nas mentes da maioria das pessoas.

II. Uma boa mãe vai fazer tudo o que puder para ajudar os seus filhos. V. 21.

A. Ela estava disposta a ir muito longe em busca de ajuda. 1. Não é dito exatamente onde ela vivia, acreditamos que ela vivia na área de Tiro e Sidon. Tiro e Sidon estavam cerca de 25 milhas de distância e estavam localizadas na costa norte da Galileia. Então, ela pode ter viajado cerca de 25 quilômetros para ir ver Jesus.
2. Isso é muito longe nesse dia e idade para viajar para ver alguém que você apenas ouviu falar.
B. Ela estava disposta a deixar de lado as barreiras religiosas. 1. Ela era uma gentia, pagã, um produto da antiga adoração de Baal Cananeu.
2. Ela provavelmente adorava Astarte e outras divindades pagãs que eram populares naquela época.
C. Ela estava disposta a deixar de lado os obstáculos culturais.
1. Marcos 7:26 nos diz que a mulher era siro-fenícia.
2. Não havia nenhum amor perdido entre os judeus e os fenícios.
Suponho que a inimizade entre os dois grupos começou quando Deus mandou Israel "destruir totalmente" todos os povos desta região, em Deut. 7:2.
Naturalmente, devido ao pecado e à desobediência, Israel não os destruiu totalmente.
Josefo afirma que o povo de Tiro são "os nossos piores inimigos".
Josefo também escreveu que, quando os judeus se rebelaram contra Roma, o povo de Tiro, matou e aprisionou muitos judeus.
A mulher era, portanto, uma dos maiores inimigos de Israel.

Então, essa mãe viajou certa distância e deixou de lado tanto as barreiras religiosas como as barreiras culturais para obter a ajuda necessária para sua filha.

III. Uma boa mãe coloca a sua fé em Jesus Cristo.

A. Uma boa mãe vai reconhecer Jesus quem Ele realmente é.
1. Uma boa mãe reconhecerá Jesus como Senhor. V. 22 - Ao se dirigir a ele como "Senhor" ela estava reconhecendo-O como Aquele que é supremo em autoridade, e como o soberano e onipotente.
2. Uma boa mãe reconhecerá Jesus como o Filho de Davi. V. 22 - Ela percebeu que Jesus era realmente o Messias prometido aos judeus.
B. Uma boa mãe vai a Jesus (o único que pode realmente ajudar). 1. Esta mãe foi ao Senhor, Jesus Cristo.
2. O fato de ela ter ido a Jesus neste momento é uma indicação de que ela estava desiludida com seus ídolos e crenças pagãs.
3. Ela aprendeu que os deuses pagãos não eram reais. Salmos 135:15-18 “Os ídolos dos gentios são prata e ouro, obra das mãos dos homens. Têm boca, mas não falam, têm olhos, mas não vêem, têm ouvidos mas não ouvem, nem há qualquer respiração em sua boca. Os que fazem são como lhes: isso é todos os que neles confiam”.
4. Ela virou as costas para os ídolos pagãos e colocou sua fé completa em Jesus Cristo como seu Senhor e Messias.

IV. Uma boa mãe vai persistir em obter ajuda para seus filhos. V. 23-28.

A. Ela foi até Jesus e pediu ajuda, mas as coisas não pareciam estar dando certo à primeira vista. Observe a sequência de eventos novamente.
1. Ela pediu a Jesus para ajudar sua filha. V. 22.
2. Jesus não lhe respondeu. V. 23.
3. Os discípulos pediram a Jesus que a mandasse embora. V. 23.
4. (Isto pode ser um pedido para ir em frente e curá-la ou simplesmente mandá-la embora com a cura de sua filha ????).
5. Jesus disse aos discípulos que o Seu ministério era principalmente para os judeus. V. 24.
6. Ela, então, cai prostrada diante dele e pede novamente. V. 25.
7. Ele agora se dirige a ela pela primeira vez e diz a ela que não é licito dar a comida dos filhos a um cão. (A palavra grega aqui é um animal doméstico).
8. Agora, neste ponto, eu acho que a maioria das pessoas teriam desistido e se retirado. Alguns teriam se tornado amargos ou ressentidos de que ele não iria ajudar.
9. Mas, esta mãe não desistiu...
10. Ela pediu um pouco de migalhas da mesa do mestre. V. 27.
11. Jesus ficou impressionado com a sua fé e curou sua filha. V. 28.
- Alguns dizem que Jesus foi deliberadamente rude e teria insultado esta mãe. No entanto, eles não dizem porque ele reagiu dessa maneira.
Eu acredito que Jesus nunca fez nada sem amor ou sem um propósito divino.
Ele falava de maneira direta aos fariseus, mas às vezes dizendo que a coisa dificil é a coisa amorosa a fazer.
Parece melhor tomar isso como Jesus testando essa mulher e ensinar os discípulos uma lição ao mesmo tempo.
- Ele quis ensinar seus discípulos o que e fé genuína em comparação com fé superficial daqueles que só seguia pelo que poderiam obter...
- Ele queria desenvolver sua fé, e para ela ver que tipo de fé ela realmente tinha.
O silêncio ou "não" em resposta aos nossos pedidos não são fáceis de lidar, mas podem nos ajudar a crescer e revelar-nos algumas coisas sobre a nossa fé e confiança no Senhor.
A mãe obedeceu Mateus 7:7. “Pedi, e dar-se vos-á; buscai e encontrareis; batei, e abrir-se vos-á”
Esta mãe continuou buscando, procurando, e batendo, até que o Senhor lhe respondeu.
Agradeço ao Senhor por mães como esta.
Já ouvi inúmeras histórias de pessoas que foram salvas devido a uma mãe orando por eles, às vezes por muitos anos.

Conclusão:
A. Uma boa mãe se preocupa com o bem-estar de seus filhos. V. 22.
B. Uma boa mãe vai fazer tudo o que puder para ajudar os seus filhos. V. 21.
C. Uma boa mãe coloca a sua fé em Jesus Cristo.
D. Uma boa mãe vai persistir em obter ajuda para seus filhos. V. 23-28.

Pr. Aldenir Araújo 

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Uma mãe de grande fé Reviewed by Aldenir Araujo on segunda-feira, maio 10, 2010 Rating: 5

3 comentários:

  1. Verdadeiramente um texto exemplar.
    Abraços forte

    ResponderExcluir
  2. @Principe Encantado
    Agradecido caro amigo.
    Mãe é uma pessoa que está disposta a assumir a responsabilidade de investir sua vida em outro ser humano que é totalmente dependente dela.
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Porque não podemos mais imprimir as mensagens? a graça e a paz em Cristo

    ResponderExcluir

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

All Rights Reserved by O Pregador © 2014 - 2015
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.