Uma grande declaração

Uma grande declaraçãoTexto: João 3:16

Introdução: Há vários profundos e grandes versos na Bíblia sobre o amor de Deus para o homem.

Um deles é "Aquele que não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor" (I João 4:8).

Outro versículo é João 3:16: "Porque Deus amou o mundo tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna" João 3:16 é memorizado, citado, e referido, talvez mais do que qualquer outro versículo em toda a Bíblia.
[post_ad]
Infelizmente, João 3:16 também está entre os versos mais mal compreendidos na Bíblia. Iremos Agora, explorar o verso para saber o seu significado e porque o verso contém uma declaração tão grande.

I. Grande por causa de quem amou

A. Deus amou! O Deus eterno, imutável, onisciente, onipresente, o Deus absolutamente santo que criou tudo o que é criado - Ele amou (Deuteronômio 33:27, Hebreus 6: 17, 18, Jó 34: 21, Salmos 139, Levítico 11: 44, Genesis 1:2).

II. Grande por causa de quem ele amou

A. "Porque Deus amou o mundo", somos informados.
1. O "mundo" (kosmos) não é o mundo que João disse para "não amar", mas humanidade (I João 2:15, aqui cosmos é utilizado para os elementos mais básicos, consulte o versículo 16 de I João 2).
2. A grandeza do amor de Deus para com o homem é visto no fato da total indignidade do homem para ser um destinatário do amor de Deus: "Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que, quando éramos ainda pecadores, Cristo morreu por nós" (Romanos 5:8). Cristo morreu pelos ímpios (vs. 6).

III. Grande por causa de quanto Ele amou

A. "Porque Deus amou...", escreveu João. Continua a haver um debate entre alguns estudiosos quanto ao fato de "tal" significado forma ou grau.
B. João escreveu mais tarde: "Vede quão grande amor nos tem concedido o Pai..." (I João 3:1).

IV. A extensão do amor de Deus é visto em "Que deu o seu único filho...”.

A. O amor (ágape) de João 3:16 não é egoísta e visa o bem estar do mundo que ele amou. Assim, "ele deu." O Pai amou tanto que deu o seu "Filho unigênito".
B. Jesus foi único (unigênito é Segundo o Strong`s o termo “monogenes” (G3439) é resultado da junção de “monós” (G3441) com “ginomai” (G1096). Segundo esse mesmo léxico, a definição é exatamente único nascido, podendo ser também aplicado como “único filho”). Tal ato altruísta de Deus para o sacrifício ( "deu"), seu único Filho, para salvar homens pecadores!

V. Grande por causa de “quantos” Deus amou 

A. A universalidade do amor de Deus é visto em "...todo aquele que crê...." O conceito dos fariseus na época de João limitando o amor de Deus aos judeus (Mt 5:43 e ss.).
B. A visão agostiniana que tenta contornar o amor de Deus para os "eleitos", aqueles que foram arbitrariamente predestinados para serem salvos (chamado Calvinismo hoje). No entanto, as escrituras ensinam: "... se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e cearei com ele, e ele comigo" (Apocalipse 3:20).

VI. Grande por causa do efeito negativo da declaração.

O verso diz: "...Todo aquele que nele crê não pereça...".
A. "Pereça" é um antônimo de "vida eterna".
1. Esta falta de permissão para perecer, entretanto, é condicional (ver mais tarde).

VII. Grande por causa do efeito positivo da declaração

A. O oposto de perecer, como visto, é "tenha a Vida Eterna". Só haverá duas classes de indivíduos, "E estes irão para o castigo eterno, mas os justos para a vida eterna" (Mateus 25: 46). Jesus apresenta em detalhe as duas classes em (Mateus 25:31-46).
1. "Vida eterna" é indicativo da grandeza e da felicidade que aguarda os salvos (2 Coríntios 5:1-9, Apocalipse 20 - 22). "Vida eterna" é a herança que está reservada no céu para os salvos (I Pedro 1:4, Tito 1:2).

VIII. Grande por causa da condição em que o homem pode usufruir dos benefícios do maravilhoso amor de Deus 

A. A condição é: "...para que todo aquele que nele crê não pereça...." Que seja imediatamente compreendido, a contemplado “crê” não um morto, ou uma fé inativa (Tiago 2:14-26). A fé que aproveita "fé que opera pelo amor" (Gálatas 5:6, I João 5:3). "A fé somente", como tal, nunca salvou ninguém (Tiago 2:19).
1. "Crê" é traduzido de pisteuon. A gramática de pisteuon ("crer") é importante: caso nominativo, singular em número, em gênero masculino, particípio e presente do indicativo (O Grego Analítico Lexicon, pg. 326). O particípio presente do indicativo descreve um curso, ação contínua. Uma tradução expandida ficaria assim, "aquele que crê em... (acreditas, se apega ao, depende)..." (The Amplified New Testament). Marshall acenta o particípio, "todos que acreditam nele..." (Interlinear Greek-English New Testament)
2. Aqueles que acreditam nele (presente) são aqueles que se arrependem, confessam a divindade de Cristo, e são batizados para a remissão dos pecados (Atos 2: 38, Romanos 10:9-10, Atos 2:38, ver Atos 16:30-34) O Senhor adiciona-os à sua igreja (Atos 2:47 - Gálatas 3:26-27). Aqueles que acreditam que irá em seguida, adicionar todas as virtudes (crescer) e ao fazê-lo, "... porque, fazendo isto, nunca jamais tropeçareis" (II Pedro 1:5-10). No entanto, pode-se optar por deixar de acreditar (Hebreus 3:12-19).

Conclusão: João 3:16 contém uma grande declaração. É triste saber que nem todos os homens estão se apropriando do amor de Deus para si e colhendo os ricos benefícios desse amor (Judas 21).

"Outos gar egapesen o Teos ton kosmon oste ton uion autou ton monogene edoken ina pas o pisteuon eis auton me apogetai all eche zoen aionion” João 3:16 (grego koiné)


Pr. Aldenir Araújo


Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Uma grande declaração Reviewed by Aldenir Araujo on segunda-feira, março 01, 2010 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

All Rights Reserved by O Pregador © 2014 - 2015
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.