Se Jesus não tivesse morrido

Se Jesus não tivesse morridoTexto: Apocalipse 1:18

Introdução: Muito tem sido dito sobre as realizações da vida de Jesus e da morte, que é justificável. A abordagem negativa é produtiva e muitas vezes utilizada por escritores inspirados (I João 3:11, 12).
 
Ouvimos falar muito sobre Cristo morte e consequentes resultados, mas e se Cristo não tivesse morrido?

I. Se Jesus não tivesse morrido, não haveria sacrifício perfeito e nem justificação.

[post_ad]
A. O escritor de Hebreus repetidamente enfatiza o sacrifício perfeito de Jesus (Hebreus 10:1-4, 5-7).
B. O sacrifício de Jesus de si mesmo foi tão perfeito que foi feito "uma vez por todas" (Hebreus 10:10, cf. Judas 3).
C. Se Jesus não tivesse morrido, não haveria graça (João 1:17).
D. Sem graça, a única maneira de o homem ser justificado seria pelo cumprimento perfeito da lei, coisa que nenhum homem jamais fez (Romanos 3: 23).
1. Por isso, Jesus foi "entregue por nossos pecados, e ressuscitou para nossa justificação"(Romanos 4: 25).

II. Se Jesus não tivesse morrido, não haveria o melhor exemplo de amor

A. Jesus despojou-se da glória do céu e o Pai enviou seu único Filho (João 3:16; 2 Coríntios 8:9). Nunca houve tal exemplo de amor! 

III. Não haveria nenhuma oração em nome de Jesus

A. A oração em nome de Jesus se baseia na morte de Jesus e na triunfante ressurreição (João 16:23-24, I João 2:1).
1. Portanto, se Jesus não tivesse morrido, não haveria oração em o nome poderoso de Jesus e nenhum advogado. 

IV. Se Jesus não tivesse morrido, não haveria nenhuma igreja

A. A salvação está em Cristo, seu corpo espiritual (a igreja, Efésios 1:22-23, II Timóteo 2:10). A morte de Jesus beneficiou aqueles antes da cruz e depois da cruz (Hebreus 9:15).
1. Na ausência da morte de Jesus, o homem seria sem esperança. 

V. Se Jesus não tivesse morrido, não haveria exemplo perfeito de obediência e nem acesso ao céu.

A. Paulo escreveu, portanto, de Jesus: "E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até a morte, e morte de cruz" (Filipenses 2:8). A obediência de Jesus era necessária: "Ainda que era Filho, aprendeu a obediência, por aquilo que padeceu. E, sendo ele consumado, veio a ser a causa de eterna salvação para todos os que lhe obedecem" (Hebreus 5: 8, 9). 
 
Conclusão: Se não podemos apreciar a morte de Jesus a partir da perspectiva de suas realizações, devemos apreciar a sua morte a partir da consideração de: Como seria se Jesus não tivesse morrido. No entanto, ele morreu por nós!
 
Pr. Aldenir Araújo

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Se Jesus não tivesse morrido Reviewed by Aldenir Araujo on terça-feira, março 02, 2010 Rating: 5

6 comentários:

  1. A VERDADE É ABSOLUTA SIM. PARABÉNS PELA MATÉRIA!

    ResponderExcluir
  2. Se cristo não tivesse supostamente morrido, hoje não haveria o cristianismo, não teria morrido tanta gente na idade média e não haveria tantas guerras, seguiríamos outras religiões, talvez alguma religião indígena, ou religiões como Budismo, Hinduísmo.

    Não, o mundo não seria pior e nem as pessoas seriam pior do que são hj, apenas teriam outras crenças, uma grande prova disso são os ateus. O fato de eles não ecreditarem em deus nem em jesus nãoos fazem pessoas piores do que os cristãos, muito pelo contrário, muitos são muito mais dignos do que muitos cristãos.

    ResponderExcluir
  3. Muito obrigada pelas palavras tão edificantes!

    ResponderExcluir
  4. se jesus não tivesse sido morto não haveria vida.

    ResponderExcluir

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

All Rights Reserved by O Pregador © 2014 - 2015
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.