Papa invenção humana?

Papa invenção humana?Texto: Mateus 16:13-20

Introdução: A Bíblia ensina que as Escrituras devem ser usadas como medida padrão para determinar a verdade da mentira.

Em Gálatas 1:8-9, Paulo afirma que não é QUEM ensina, mas O QUE está sendo ensinado que deve ser usado para diferenciar a verdade da mentira.

Apesar da Igreja Católica Romana continuar a lançar a maldição “anátema” àqueles que rejeitem a autoridade do papa, as Escrituras reservam tal maldição àqueles que ensinarem um evangelho diferente (Gálatas 1:8-9).
[post_ad]

I. O mundo fica fascinado com o processo usado pela igreja Católica Romana para escolher um novo papa.

A. Recebemos relatos detalhados de todas as tradições que cercam a seleção de um papa
B. Os eventos são mostrados passo a passo.
C. Mas, em meio a todo o alvoroço, muitos perguntam de onde o papado veio?
1. Certamente não foi a partir da Bíblia, porque os papas não são mencionados no texto Bíblico.
2. Nem você encontra os cardeais, e muito menos as eleições, ou fumaça colorida e coisa semelhante.
D. A Igreja Católica Romana baseia seu papado em um conjunto de crenças
1. Que Pedro era a rocha sobre a qual a igreja foi fundada
2. Que Pedro foi o apóstolo principal
3. Que houve uma sucessão dos apóstolos
E. Enquanto outras denominações rejeitam o papado, a Igreja Católica Romana não está sozinha nestes princípios básicos.
1. Várias denominações principais acreditam que seus líderes estão em uma sucessão de líderes que remontam aos Apóstolos: um líder ser nomeado por outros líderes, que por sua vez foram nomeados, e assim sucessivamente de volta aos dias dos apóstolos.
2. A Igreja Episcopal e a Igreja Ortodoxa Grega são representantes notáveis dessa crença.

II. Pedro era a rocha? – Mateus 16:18

A. Muito se fala do fato de que o nome de Pedro significa "pedra" (em grego: Petros)
1. O que está encoberto, é que Jesus disse sobre esta pedra (em grego, petra) edificarei a minha igreja. Há uma mudança em termos.
2. Para contornar a dificuldade, você vai encontrar pessoas dizendo que Mateus foi escrito originalmente em aramaico, onde as duas palavras são as mesmas. Em seguida, é argumentado que a diferença foi introduzida pelo tradutor para trazer variações estilísticas porque seria mais fácil de ler em grego.
a. Mas espere! Nenhuma versão aramaico de Mateus existe!
b. International Standard Bible Encyclopedia: "Uma coisa que parece certo é que tudo o que está em hebraico (aramaico) não era uma forma original de que o Evangelho presente grego de Mateus foi traduzido, quer pelo próprio apóstolo, ou por alguém mais... De fato, o grego, através de Mateus traz a impressão de ser uma tradução não em tudo, mas como tendo sido originalmente escrito em grego."
c. Zondervan Pictorial Encyclopedia of the Bible: "Deve-se admitir, no entanto, que nenhum fragmento de um Mateus aramaico jamais foi encontrado e uma edição em grego é mais plausível do que uma tradução do grego. O evangelho de Mateus não dá provas de ser uma tradução, que é uma das evidências fracas para a teoria do aramaico."
d. O que leva os estudiosos a admitir que Mateus foi escrito em grego e não em aramaico?
i. As interpretações pouco incorporada no texto - Mateus 1:23
ii. A suavidade do fluxo da palavra em grego - especialmente expressões idiomáticas.
iii. Conhecer outras traduções, como a Vulgata Latina que preserva os diferentes generos das duas palavras, usando Petrus (masculino) e Petram (feminino) na sua tradução.
3. Alguns dirão, Jesus falava aramaico e isto foi só traduzido por Mateus em grego.
a. Se assim for, Mateus foi guiado pelo Espírito Santo em sua escrita - I Coríntios 2:12-13
b. Portanto, a diferença foi pela escolha de Deus, e não do homem
B. Quem era a rocha?
1. Isaías profetizou que o Messias seria o fundamento - Isaías 28:16
2. Paulo disse que Jesus era a Rocha - I Coríntios 10:4
3. Pedro cita Isaías e aplica isto a Jesus - I Pedro 2:4-8
a. Nesta passagem, Pedro usa a palavra grega Lithos para pedra
b. Mas observe que no versículo 8, ele também chama Jesus de uma rocha (grego, petra) de escândalo - Jesus usa a mesma palavra para dizer que sobre esta Sua igreja seria edificada.
c. Pedro é reivindicado a ser a Rocha, mas Pedro disse que a rocha era Cristo!
4. O único fundamento é Jesus Cristo - I Coríntios 3:11
C. Qual era a pedra de Mateus 16:18?
1. Foi o que Pedro confessou que Jesus era; o Filho do Deus Vivo.
2. A verdade de quem era Jesus, é o fundamento da igreja.

III. Pedro era o chefe dos apóstolos? 

A. Uma prova oferecida é que quando os apóstolos são nomeados, Pedro vem sempre em primeiro lugar.
1. Embora geralmente verdade, nem sempre é verdade - João 1:44, I Coríntios 3:22, 9:5, Gálatas 2:9
2. Nem sempre o primeiro foi Pedro, como no lava-pés - João 13:6
B. Outra prova é a afirmação de que Jesus deu a Pedro as chaves do reino - Mateus 16:19
1. No entanto, é ignorar que Jesus repetiu isso em Mateus 18:18-20 a todos os apóstolos.
2. Quando a igreja foi fundada, Pedro foi o orador principal, mas observe - Atos 2:14
3. A fundação foi estabelecida em todos os apóstolos - Efésios 2:19-21
C. Alguns católicos afirmam que Pedro foi o chefe do Conselho em Jerusalém, demonstrando a sua liderança
1. No entanto, Atos 15 mostra que Pedro testemunhou no conselho como fez Paulo e Barnabé - Atos 15:7, 12
2. Mas foi Tiago, que resumiu as conclusões - Atos 15:13
3. E foi Tiago, que fez a recomendação sobre a forma de resolver o problema - Atos 15:19-20
4. A carta veio do grupo, e não de Pedro - Atos 15:23
D. Paulo disse que não era inferior aos outros apóstolos - II Coríntios 11:5; 12:11
E. Pedro recusou ser adorado - Atos 10:26, algo que os papas nunca recusaram.
F. Pedro viu a si mesmo como um ancião, um dos muitos - I Pedro 5:1
G. Paulo corretamente repreendeu Pedro por seguir o exemplo de Tiago - Gálatas 2:11-12
H. A afirmação mais próxima é que Tiago, Pedro e João, pareciam ser as colunas da igreja - Gálatas 2:9. Onde está a afirmação de que um único homem (Pedro) era o pilar da igreja?
I. É curioso que, quando os Apóstolos discutiam sobre quem seria primeiro, Jesus os repreendeu - Lucas 9:46-48; 22:24-27
1. Foi este desejo de preeminência que Jesus condenou nos judeus - Mateus 23:6-11
2. É por isso que Jesus ordenou sem títulos, como "pai".
a. No entanto, os seus sacerdotes católicos o chamam de "pai"
b. A palavra "papa" em latim significa "pai"
c. A própria criação do papa é contrária aos desejos do fundador da igreja, Jesus Cristo.
3. Título do Papa: Bispo de Roma, Vigário de Jesus Cristo, Sucessor de São Pedro, Príncipe dos Apóstolos, Supremo Pontífice da Igreja Universal, Patriarca do Ocidente, Primaz da Itália, Arcebispo e Metropolitano da Província Romana, Soberano da Cidade do Vaticano

IV. Pedro teve sucessor? 

A. Catecismo da Doutrina Cristã: "Será que Cristo pretendia que o poder especial de mestre-chefe e governador de toda a Igreja deve ser exercido só por São Pedro? Cristo não tinha a intenção de que o poder especial de mestre-chefe e governador de toda a Igreja deve ser exercido só por São Pedro, mas pretende que este poder deve ser transmitido ao seu sucessor, o Papa, o Bispo de Roma, que é o Vigário de Cristo na terra e a cabeça visível da Igreja. (a) Um sucessor de São Pedro, o primeiro Bispo de Roma, foi exigido pela mesma razão que os sucessores foram necessários para os outros apóstolos. Desde o início, foi reconhecido pela Igreja que o sucessor de São Pedro como Bispo de Roma é ao mesmo tempo a cabeça de toda a Igreja. Este sucessor de São Pedro é chamado de “Papa".
B. A afirmação é falha em muitos níveis.
1. Não existe nenhuma prova de que Pedro foi bispo de Roma.
a. A afirmação é baseada em uma tradição católica romana.
b. Não é encontrada na Bíblia
c. Também não há evidências históricas.
2. A primeira alegação para a sucessão da autoridade de Pedro que temos registrado é de Stephen I, em 250 dC, muito tempo depois da morte de Pedro.
3. A afirmação de que sempre foi assim é historicamente falsa
a. Cipriano, bispo de Cartago, 248-258 dC, "Nenhum de nós jamais se atreveu a proclamar-se bispo dos bispos, forçando com o terror tirânico a obediência de seus colegas..."
b. Foi Leão I (440-461 dC), que conseguiu com o Imperador Romano Valentiniano III, a emissão de um decreto declarando a Sé Romana como a corte suprema de apelação para todos os bispos. O fato de que a declaração era necessária indica que estava em disputa.
c. E foi Agostinho em Cartago que escreveu em 430 dC, "Qualquer um que apela aos estrangeiros [Roma] não deve ser recebido pela comunhão dos bispos da África".
4. Curiosamente, a primeira pessoa a reclamar o título de papa foi o bispo de Constantinopla, em 588 dC.
a. Em resposta, o bispo de Roma, Gregório I, escreveu: "Você sabe, meu irmão, não tinha o conselho venerável de Calcedônia conferido o título honorário de universal sobre o bispo desta Sé Apostólica, de que eu sou, por vontade de Deus, o servo, e nenhum de nós tem permitido que esse título seja dado, nenhum assumiu este título em negrito, para que, assumindo um episcopado especial, parece desprezar a todos os outros irmãos ... Mas, longe de ser cristão este nome blasfemo pelo qual toda a honra é retirado de todos os outros sacerdotes, enquanto é estupidamente arrogado por um".
b. Gregório I escreveu também: "Me atrevo a dizer, que todo aquele que adota ou afeta o título de bispo universal tem o orgulho e o caráter do anti-Cristo, e é de alguma maneira o seu antecessor nesta qualidade soberba de elevar-se acima do resto da sua ordem".
c. Em 604 dC, o imperador Phocas tentou dar o título a Gregório I, mas ele recusou. No entanto, seu sucessor, Bonifácio III, aceitou o título em 607 dC.

V. Quanto ao pedido de um chefe universal da igreja, descansando sobre um homem que vive na terra é claramente uma doutrina feita pelo homem que levou séculos para desenvolver 

A. Não há suporte para o cargo, a natureza do cargo, ou mesmo um conceito remoto dentro das Escrituras.
B. Por que alterar a verdade? Por que seguir uma religião que é o produto da imaginação do homem?
C. Venha a Cristo, a verdadeira cabeça da igreja.

Pr. Aldenir Araújo

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Papa invenção humana? Reviewed by Aldenir Araujo on segunda-feira, janeiro 25, 2010 Rating: 5

2 comentários:

  1. Quantas mentiras as religiões pregam em nome de Deus, todas sem exceção tomam pra si a verdade e interpretam a bíblia da maneira que lhes convêm, isso é perigoso, Jesus não deixou nada escrito, pq? Não quero ser profano, mas a bíblia e suas interpretações, estas seim, não invenção do homem.

    ResponderExcluir
  2. Pelo que entendi você não crê que a Bilia é a palavra de Deus. Certo?

    ResponderExcluir

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

All Rights Reserved by O Pregador © 2014 - 2015
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.