A Terra Está Cheia de Violência

A Terra Está Cheia de Violência
Texto: Gênesis 6

Introdução: O Brasil se tornou um país desprovido de valores morais, sem verdades absolutas para nos dizer como viver. O problema é mais profundo do que a necessidade de mais policiais, melhores leis e punições mais duras.

A consciência do pais está morrendo, e é por isso que temos crimes sem motivos, crime como esporte, carros correndo desenfreados pelas ruas. O crime no Brasil tem uma nova cara. Já não vemos apenas o ódio, a ganância ou a inveja como motivos. Jovens sem motivo ou razão cometem muitos dos crimes de hoje e depois não mostram remorso. Assassinato é esporte; o crime é apenas por diversão.

Como é verdade em todos os lugares, o animal mais perigoso da África é o animal selvagem chamado homem. Por todos os tipos de razões, e por nenhuma razão, esse predador cruel atacará aqueles que não lhe querem causar dano, não tem malícia e não representam ameaça para ele. Esse animal matará até aqueles de sua própria espécie que desejam apenas sua felicidade e desejam nada mais do que a oportunidade de amá-lo e servi-lo.

Toda vez que os valores morais são quebrados na sociedade, segue-se o caos. A história mostra que nenhum país pode sobreviver por muito tempo sem um forte código moral, e nenhum código moral forte existe além de Deus. Quando os valores morais se decompõem, a sociedade se desintegra.

Nosso mundo é como um comboio perdido na escuridão em uma costa rochosa desconhecida, com piratas brigando na sala de mapas e selvagens subindo nas laterais do navio para saquear e praticar o mal como os caprichos possam levá-los. Onde está o capitão? O navio está dirigindo para as rochas e o homem não pode detê-lo.

Podemos ter chegado ao fim de nossa corda, como Israel havia feito nos dias de Ezequiel. Ezequiel 7:10-11 diz: "Eis o dia! Eis que vem! Veio a tua ruína; já floresceu a vara, já brotou a soberba. A violência se levantou em vara de iniquidade. nada restará deles, nem da sua multidão, nem dos seus bens. Não haverá eminência entre eles".

A Terra Cheia de Violência

No capítulo dois de Gênesis, a frase mais descritiva sobre o mundo recém-criado é: “O homem e sua esposa estavam nus e não sentiam vergonha". A coisa mais descritiva sobre o mundo no tempo de Noé é: "a terra está cheia de violência" (Gênesis 6:11).

No capítulo três de Gênesis, quando Satanás tentou o primeiro casal no Éden, ele disse: "Você será como deus, conhecerá o bem e o mal". O pecado transforma o homem em seu próprio deus. Mas acaba por ser um deus da destruição. O pecado sempre acaba em violência. Pode começar muito sutil, mas no final se torna violento.

Quando você lê Gênesis, capítulo quatro, começa a entender a destruição que o pecado deixa em seu rastro; Caim mata Abel. Em Gênesis 5, Lameque mata dois homens. Em Gênesis 6, a terra está cheia de violência. Nos primeiros capítulos de Gênesis, Deus dá uma visão panorâmica das forças do mal. Adão e Eva em sua luxúria, orgulho e egoísmo nunca sonharam com tanta destruição e perda pessoal que se seguiriam à sua desobediência.

O pecado tem uma maneira de entrar em nossas vidas da maneira mais sutil, e então nos envolve, escraviza e depois nos destrói. Uma olhada em Caim e Abel conta a história toda. Tudo começou com ira, raiva transformada em inveja, inveja transformada em ódio e ódio transformado em assassinato.

Jesus disse em Mateus 5:21-22: "Ouvistes que foi dito aos antigos: Não matarás; e, Quem matar será réu de juízo. Eu, porém, vos digo que todo aquele que se encolerizar contra seu irmão, será réu de juízo; e quem disser a seu irmão: Raca, será réu diante do sinédrio; e quem lhe disser: Tolo, será réu do fogo do inferno"

Jesus atacou a raiz do problema. A violência não acontece de repente. Se constrói através de uma série de atitudes ímpias. Jesus procurou parar a violência desde o início. Começa com o que parece incidental, com uma má atitude para com o outro, e aumenta proporções inacreditáveis. Jesus se esforça para eliminá-la em sua própria concepção.

Nunca fizemos a conexão em nosso mundo de que nossa luxúria, de qualquer forma, acabe em violência. Há 4.000 abortos por dia e 8.000 crianças são maltratadas todos os dias. Começou com luxúria e terminou em violência.

Lembro que era declarado inúmeras vezes pelos que ensinavam sobre o aborto, que a eutanásia se seguiria naturalmente. A razão é que, quando o desrespeito à vida se manifesta em uma área, como no aborto, o desrespeito segue naturalmente em outras áreas. Quanto tempo levará até que a terra se encha novamente de violência. Já está aqui !!!

Acabamos Adorando o Pecado de Nossa Destruição.

O problema é que acabamos adorando exatamente aquilo que nos destrói de maneiras muito sutis e enganosas. Gênesis 6 diz: Quando os filhos de Deus conheceram as filhas dos homens e tiveram filhos com elas. Os filhos de Deus casaram-se com as filhas dos ímpios e seus filhos se tornaram ímpios. Seus descendentes se tornaram os heróis da antiguidade, homens de renome. Eles se tornaram os heróis. Eles eram as pessoas com influência e poder. Eles influenciaram os filhos de Deus ao mal.

Isso diz algo estranho sobre a mentalidade secular moderna quando os atos que os valores morais cristãos tradicionais condenam transmitem uma doença mais horrível e totalmente incurável, a sociedade conclui que os atos não devem ser condenados, nem mesmo criticados, e que aqueles que sofrem da doença tão contraída devem ser admirados como mártires ou heróis.

Quando você olha em volta hoje e pensa sobre quem são nossos heróis, é um pouco assustador. Algumas semanas atrás, uma banda de rock esgotada no Madison Square Gardens foi forçada a cancelar o show. Eles haviam consumido drogas e uma de suas principais pessoas morreu. Ouvimos falar de heróis do futebol, heróis da música, artes e etc., presos por drogas, estupro, assassinato. Para onde estamos indo ou já estamos lá?

Ao Ler Gênesis 6, Podemos Ver os Problemas Que Levaram à Sua Destruição.

O homem tentou procurar dentro de si mesmo orientação. Dizemos que a resposta está dentro da pessoa. Gênesis 6:1-2 diz: "Sucedeu que, quando os homens começaram a multiplicar-se sobre a terra, e lhes nasceram filhas, viram os filhos de Deus que as filhas dos homens eram formosas; e tomaram para si mulheres de todas as que escolheram". Gênesis 6:5 diz "... e que toda a imaginação dos pensamentos de seu coração era má continuamente".

Mateus 15:19 diz: "Porque do coração procedem os maus pensamentos, homicídios, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos e blasfêmias"

Romanos 1:21 diz: "porquanto, tendo conhecido a Deus, contudo não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes nas suas especulações se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu"

A palavra de Deus diz que a resposta não está no coração humano, é aí que o mal se origina. Precisamos nos familiarizar com os fundamentos da natureza e do caráter divinos. Assim como nos dias de Noé, hoje existe uma tendência desconcertante em desrespeito ao governo de Deus e desobediência às leis de Deus.

As vítimas do diluvio recusaram a soberania de Deus. Deus fez todo tipo de coisa e determinou sua esfera de ser. Todas as coisas criadas existiram exclusivamente como resultado da escolha soberana de Deus. Deus determinou os limites de sua habitação. As coisas rastejantes rastejam e os animais são bestiais; os pássaros voam e os homens são viris. Quando refletido adequadamente, isso revela que a humanidade depende de Deus. Isso leva ao princípio da dependência. Quando nossa dependência é avaliada adequadamente, direciona nossa atenção para o princípio da obediência.

Quando se olha para os princípios de dependência e obediência, eles insistem em que o homem funciona adequadamente somente quando ele age de acordo com as instruções do Criador.

E se o homem for desobediente? Isso, é claro, é a raiz do problema humano, a causa da angústia e da dor no coração. O "princípio da consequência" segue "o princípio da obediência". Os mandamentos de Deus não podem ser desconsiderados com impunidade, assim como as leis naturais do universo não podem ser desobedecidas sem consequências.

Gênesis 6:5-7 diz: "5 Viu o Senhor que era grande a maldade do homem na terra, e que toda a imaginação dos pensamentos de seu coração era má continuamente. 6 Então arrependeu-se o Senhor de haver feito o homem na terra, e isso lhe pesou no coração 7 E disse o Senhor: Destruirei da face da terra o homem que criei, tanto o homem como o animal, os répteis e as aves do céu; porque me arrependo de os haver feito"

Havia uma percepção nos dias de Noé de que Deus, de alguma forma, estava divorciado de sua criação, de que Ele não estava intimamente preocupado com os detalhes do estilo de vida do homem. Nada poderia estar mais longe da verdade. Independentemente de seu esquecimento, Deus viu. Gênesis 6 diz: "DEUS VIU".

O livro de Jó mostra como as pessoas pensavam antes do dilúvio: "12 Não está Deus na altura do céu? Olha para as mais altas estrelas, quão elevadas estão! 13 E dizes: Que sabe Deus? Pode ele julgar através da escuridão? 14 Grossas nuvens o encobrem, de modo que não pode ver; e ele passeia em volta da abóbada do céu. 15 Queres seguir a vereda antiga, que pisaram os homens iníquos? 16 Os quais foram arrebatados antes do seu tempo; e o seu fundamento se derramou qual um rio. 17 Diziam a Deus: retira-te de nós; e ainda: Que é que o Todo-Poderoso nos pode fazer?" (Jó 22:12-17)

Eles tinham o conceito de que Deus não podia vê-los e que o Todo-Poderoso não podia fazer nada com eles. Os olhos do Senhor são como um raio laser. Ele não apenas observa as ações do homem, mas julga os motivos e intenções do coração (Gênesis 6:5). Uma coisa é observar a ação de uma pessoa; uma coisa completamente diferente é identificar com precisão o motivo. Às vezes, os tribunais civis e criminais precisam discernir as intenções do coração. Os árbitros de basquete e futebol são necessários para determinar se as ações foram intencionais ou não. Este é um território complicado para todos, exceto Deus, mas Ele julga corretamente. Ele os chama como os vê. Sua visão do visível e do invisível é 20/20 o tempo todo. Isso é preocupante. Eles pensavam que Deus estava desinteressado e não envolvido nos assuntos humanos. "Então arrependeu-se o Senhor de haver feito o homem na terra, e isso lhe pesou no coração" (Gênesis 6:6).

Você já pensou na dor que nosso pecado causou a Deus? Num sentido muito real, Deus não estava isento da dor e angústia que o pecado havia introduzido em Sua criação. Deus entristeceu que ele tivesse feito o homem. É a dor que os pais experimentam quando um filho se rebela e escolhe uma vida de autodestruição. A dor traz consigo a ideia de uma dor enorme.

O pensamento de que Deus estava arrependido por ter feito o homem é um tanto enervante, como qualquer criança sabe que os pais enfurecidos disseram a eles que sentem muito "eles o tiveram"! No momento da ira de Deus, ele fica triste e perturbado e pensa em termos de graça, mesmo no momento do juízo.
Gênesis 6:7 Então o Senhor disse: "Destruirei da face da terra o homem que criei, tanto o homem como o animal, os répteis e as aves do céu; porque me arrependo de os haver feito"

Os piedosos se tornaram mundanos e imorais, e alimentaram suas mentes com o sexo. Eles não controlaram nem negaram seus impulsos sexuais imorais. Os homens piedosos começaram a olhar para as mulheres do mundo, para as que não seguiam a Deus. Observe o que eles começaram a perceber: que as mulheres eram justas, bonitas e bem torneadas. Eles concentraram seus pensamentos em seus rostos bonitos e corpos bem torneados, e eles as desejaram. Eles olharam para a aparência externa e física e esqueceram a beleza espiritual interna. Eles não controlavam seus olhos ou pensamentos. O resultado foi trágico: eles se misturaram com os ímpios e fizeram tudo o que envolvia: namorar, festejar, brincar, tocar, acariciar, beijar, fornicar; e eles se envolveram em sexo ilícito. Eles olhavam e viam, e alimentavam suas mentes com os mundanos e imorais e se envolviam em imoralidade sexual. Eles ignoraram completamente a Deus e continuaram fazendo suas próprias coisas, satisfazendo os desejos de sua carne. Eles se recusaram a controlar e negar seus desejos carnais.

Gênesis 6:13 diz: "Então disse Deus a Noé: O fim de toda carne é chegado perante mim; porque a terra está cheia da violência dos homens; eis que os destruirei juntamente com a terra"

Deus ordenou o casamento no Jardim do Éden. Os filhos deveriam deixar o pai e a mãe, se apegar um ao outro e tornar-se uma carne. Mateus 19:6 diz: "Assim já não são mais dois, mas um só carne. Portanto o que Deus ajuntou, não o separe o homem". Deus ordenou o casamento como a estrutura básica da sociedade. Mas ao longo dos séculos o homem desenvolveu métodos para obter os benefícios do estado civil sem ter que aceitar as responsabilidades do casamento. Agora chamamos algumas dessas invenções humanas de "estilos de vida alternativos" e, é claro, essa é uma descrição perfeitamente precisa. Mas eles também precisam ser reconhecidos como estilos de vida alternativos ilícitos e, de uma maneira estranha, isso aparentemente está começando a surgir na consciência do homem moderno. Não é o resultado de um grande despertar espiritual. É por causa da proliferação de doenças sexualmente transmissíveis através da atividade sexual fora do domínio do casamento.

Como resultado de nossos estilos de vida alternativos, hoje as crianças têm muito menos supervisão e envolvimento dos pais. E há pouco apoio público aos padrões morais, uma vez aceitos por praticamente todos na sociedade. As crianças que decidem o que é certo e errado crescem incapazes de fazer distinções morais ou controlar seus impulsos e desejos. Estamos produzindo uma geração inteira sem consciência e, finalmente, eles "nos empurrarão não apenas além dos limites da moralidade e da legalidade, mas além dos limites externos do comportamento civilizado".

Eles Entenderam Mal a Graça de Deus.

Em Gênesis 6, encontramos a palavra graça pela primeira vez na Palavra de Deus. Noé encontrou graça aos olhos de Deus. Mas a graça foi estendida a todos os que pereceram; eles não conseguiram descobrir.
Gênesis 6:3 "Então disse o Senhor: O meu Espírito não permanecerá para sempre no homem, porquanto ele é carne, mas os seus dias serão cento e vinte anos". A ideia é que eles tinham cem anos antes que Deus trouxesse o dilúvio sobre a terra.

Primeiro Pedro 3:20 "Deus esperava, nos dias de Noé, enquanto se preparava a arca". Em 2 Pedro 2:5, diz: "Noé, pregador da justiça". Quando a terra estava cheia de violência, Deus deu ao homem 120 anos. Foi durante esses 120 anos que Noé construiu a arca e pregou a justiça. Mas o povo não respondeu.

Em Tito 2:11-12, Paulo diz: "Porque a graça de Deus se manifestou, trazendo salvação a todos os homens, ensinando-nos, para que, renunciando à impiedade e às paixões mundanas, vivamos no presente mundo sóbria, e justa, e piamente". Essa mesma graça lhes apareceu, mas eles se recusaram a dizer NÃO à impiedade e às paixões mundanas. Eles se recusaram a viver vidas autocontroladas.

Apesar do aviso de Noé, eles continuaram a comer, beber e se divertir. Lembro-me de um resumo de notícias há alguns meses atrás. A notícia era que uma batalha legal estava sendo travada sobre uma cruz que havia sido erguida em um parque público. Eles estavam tirando a cruz. Muitas pessoas que temiam a Deus se encontraram no parque e protestaram contra a remoção da cruz. Um incrédulo colocou o dedo na cara de um dos homens tementes a Deus e disse: "Você é um tolo por acreditar naquele lixo". Tenho certeza de que esse foi o tipo de resposta que Noé recebeu ao construir a arca e pregar a justiça.

Jesus disse em Mateus 24:37-38: "Pois como foi dito nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do homem. Porquanto, assim como nos dias anteriores ao dilúvio, comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca"

Eles Entenderam Mal a Paciência de Deus.

O homem moderno acredita que Deus não existe ou acredita que, se existe, ele é um cara tão legal que não seria cruel o suficiente para julgar alguém ou qualquer coisa. Esse pensamento positivo precisa ser corrigido pelo ensino adequado de quem Deus realmente é e do que Ele já disse e fez na história humana.

Alguns acreditam que, como não há punição imediata pelo pecado, Deus deve aprová-lo. Segunda Pedro 3:9 diz: "O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia; porém é longânimo para convosco, não querendo que ninguém se perca, senão que todos venham a arrepender-se".

A Mensagem do Arco-Íris

Depois do dilúvio, Gênesis 9:12-16 diz: "12 E disse Deus: Este é o sinal do pacto que firmo entre mim e vós e todo ser vivente que está convosco, por gerações perpétuas: 13 O meu arco tenho posto nas nuvens, e ele será por sinal de haver um pacto entre mim e a terra. 14 E acontecerá que, quando eu trouxer nuvens sobre a terra, e aparecer o arco nas nuvens, 15 então me lembrarei do meu pacto, que está entre mim e vós e todo ser vivente de toda a carne; e as águas não se tornarão mais em dilúvio para destruir toda a carne. 16 O arco estará nas nuvens, e olharei para ele a fim de me lembrar do pacto perpétuo entre Deus e todo ser vivente de toda a carne que está sobre a terra"

Toda vez que vemos um arco-íris, devemos lembrar que Deus governa este mundo e que Deus vê o que está acontecendo em nosso mundo. Deus se entristece com a violência que está acontecendo em nosso mundo. O arco-íris também deve nos lembrar que a graça de Deus é a única resposta para a violência. A graça de Deus ensinará aos que são do nosso mundo sobre a piedade e a graça de Deus julgará o nosso mundo. Também nos lembra que um dia a paciência de Deus chegará ao fim. Segundo Pedro 3:9 "O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia; porém é longânimo para convosco, não querendo que ninguém se perca, senão que todos venham a arrepender-se".

Primeiro Pedro 3:20-21 diz: "os quais noutro tempo foram rebeldes, quando a longanimidade de Deus esperava, nos dias de Noé, enquanto se preparava a arca; na qual poucas, isto é, oito almas se salvaram através da água, que também agora, por uma verdadeira figura-o batismo, vos salva, o qual não é o despojamento da imundícia da carne, mas a indagação de uma boa consciência para com Deus, pela ressurreição de Jesus Cristo"

Gostou Desse Esboço? Olha a Novidade Que Tenho Para Você!

Eu preparei um E-book Com 365 Esboços de Sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! CLIQUE AQUI para adquirir seu livro.

A Terra Está Cheia de Violência A Terra Está Cheia de Violência Reviewed by Aldenir Araújo on setembro 16, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

Tecnologia do Blogger.