Série: Jesus no Evangelho de João - Jesus: O Amigo Dos Caídos

Série: Jesus no Evangelho de João - Jesus: O Amigo Dos Caídos
Texto: João 21:1-19

Introdução: Em algumas casas que já visitei, observei retratos em quase todos os lugares. Vi retratos na parede na sala de estar, no corredor, em cômodas e mesas nos quartos e em inúmeros volumes de álbuns nas estantes de livros. Atualmente, podemos encontrá-los em computadores e as vezes até em ímãs de geladeira na cozinha. Tenho a sensação de que muitas pessoas fazem isso!

Mas ao examinarmos as muitas fotografias de amigos e familiares, existem algumas que são muito especiais. Estas se destacam em nossa mente como nossas imagens favoritas. Talvez porque nos lembrem de um determinado dia ou lugar, mas qualquer que seja a razão; todos nós temos nossos retratos favoritos.

Bem, hoje, chegamos a um dos meus retratos favoritos de Cristo no evangelho de João. Examinamos os últimos vinte capítulos descobrimos aspectos diferentes do caráter e da personalidade de Jesus Cristo, mas hoje veremos o último capítulo para observar Jesus Cristo: o Amigo dos caídos. Dois personagens principais neste quadro: Jesus o amigo de Pedro, o caído.

A maioria de nós está familiarizado com os antecedentes, mas deixe-me lembrá-lo apenas de algumas coisas sobre o fracasso de Pedro.

I. O Fracasso de Pedro

A. O lugar onde aconteceu - Pedro estava no lugar errado.
1. No começo, Pedro se iludiu de que nunca abandonaria o Senhor.
2. No entanto, quando chegou o momento e Jesus foi preso, Pedro, como a maioria dos outros, abandonou Jesus e fugiu.
3. No relato de Mateus, descobrimos que Pedro decidiu seguir o Senhor e ver o que aconteceria, mas ele seguiu Jesus "de longe".
4. Quando Pedro encontrou-se cercado pelos inimigos do Senhor, tornou-se difícil para ele permanecer fiel à sua promessa anterior.
5. Agora, ele toma a descida do fracasso e nega que ele mesmo conheça o Senhor Jesus, v. 69-74.
6. Essencialmente, todos os retrocessos começam da mesma maneira! Em vez de ficar tão perto do Senhor quanto devemos, começamos a segui-lo "de longe".
a. Pode começar como simplesmente faltar a alguns cultos aqui e ali.
b. Talvez nós apenas paramos de orar como deveríamos.
c. Talvez a Bíblia não seja aberta e lida com a frequência como deveria.
d. Onde e, no entanto, ele começa, isso acabará por levar ao mesmo lugar.
e. Eventualmente, nos conduzirá a uma condição de retrocesso e frieza!
f. O problema de Pedro foi que ele se encontrou no lugar errado.
g. Isso é verdade para nós hoje? Estamos no lugar errado em relação a Cristo? Nós nos afastamos dele?

B. A dor do fracasso - Quando Pedro negou ao Senhor naquela noite, a Bíblia nos diz que ele saiu e "chorou amargamente".
1. Pedro estava miserável em sua nova condição.
2. Ele sabia que ele havia ofendido o Senhor.
3. Ele sabia que tinha violado algo muito precioso e sagrado.
4. Ele era um homem miserável!
5. Assim é com todo filho de Deus que decide se afastar da vontade de Deus.
6. O pecado traz consigo dor, sofrimento e miséria. Provérbios 13:15 “O bom senso alcança favor; mas o caminho dos prevaricadores é áspero”.
7. O pecado é um ladrão e um malfeitor!
a. Ele nos roubará a paz de Deus e o sentido da presença de Deus.
b. Ele roubará o poder e a alegria de Deus em nossas vidas.
c. Destrói a inocência e a eficácia.
d. Considere o exemplo do filho pródigo.
e. Seu pensamento primário quando ele se encontrou no chiqueiro dos porcos foi de quanto melhor ele estaria na casa do Pai.
f. O pecado vai fazer uma pessoa miserável, e se não, então você provavelmente não é salvo!

C. O preço do fracasso - Depois que Pedro pecou, sentiu uma perda definitiva de comunhão, paz e alegria
1. Ele sabia que as coisas eram diferentes.
2. Estou falando principalmente para aqueles que afirmam conhecer Jesus como Salvador pessoal esta noite.
3. Crente, você precisa saber que quando você decidir andar de uma maneira diferente do que o Senhor quer; sua decisão tem um preço muito alto.
4. Se você é salvo, então você pode esperar que perderá muito quando se afasta do Senhor.
5. Você pode não perder sua salvação, mas você se sentirá como se estivesse perdido.
6. Você certamente pode perder a sua comunhão com o Senhor.
7. Haverá a perda de paz, alegria e contentamento.
8. Haverá a perda de bênçãos e recompensas.
9. Pedro fracassou e fracassou muito!

II. A insensatez de Pedro

A. Revelada por suas escolhas. V. 3
1. Depois da ressurreição, Pedro deve ter presumido que o ministério havia acabado.
2. Ele havia negado o Senhor e então ele decidiu retornar ao antigo caminho da vida.
3. Pedro foi chamado para abandonar todas essas coisas e seguir Jesus.
4. O chamado do Senhor foi um chamado para vir e ser um pescador de homens!
5. As pessoas que estão fora da vontade de Deus sempre fazem as escolhas erradas!
6. Basearão suas decisões em motivos carnais e não espirituais.
7. Isto é o que Pedro fez e ele foi insensato por causa disso!

B. Revelada por seus companheiros.
1. Quando Pedro voltou para a vida antiga, ele levou outros com ele.
2. Nós todos já ouvimos o ditado de que a "Miséria adora companhia".
3. Quando uma pessoa retrocede, ela geralmente não se contenta em ir sozinha e tentará arrastar os outros com ele.
4. Você vê isso em famílias o tempo todo! Um fica frio com o Senhor e, em pouco tempo, todos na família estão fora da vontade de Deus.
5. Que vergonha é quando sentimos a necessidade de arrastar os outros para o mesmo poço insensato no qual nos colocamos!
6. O que é igualmente triste é o fato de que sempre parece haver aqueles que estão dispostos a seguir o filho rebelde de Deus!
7. Por que as coisas são assim?
a. Porque gostamos de nos cercar de pessoas que estão no mesmo nível que nós.
b. Se estamos certos com Deus, queremos estar em torno de outros que estão certos com Deus.
c. Se estamos fora da vontade de Deus, nos sentimos repreendidos pela vida daqueles que vivem para o Senhor e buscamos aqueles que somos como nós.
d. Infelizmente, muitas vezes tentamos reproduzir a nossa temperatura espiritual na vida daqueles que estão perto de nós.
e. Este é apenas um esforço para tornar-se mais confortável.

C. Revelada pelas consequências.
1. Pedro e seus amigos pescaram toda a noite e não pegaram um único peixe!
2. Pedro era um pescador profissional, isso deve ter sido uma coisa devastadora a ter que lidar.
3. Trabalharam e trabalharam toda a noite e não produziram nada de valor!
4. Esta é a maneira que funciona para aqueles que estão fora da vontade de Deus ...
5. Jesus disse: "Sem mim, nada podeis fazer!"
Nós vimos o fracasso de Pedro e a insensatez de Pedro, mas aqui está a melhor parte ...

III. O Amigo de Pedro (Jesus) v. 4-17

A. Ele o encontrou. v. 4-8
1. Após o pecado, após o retorno à vida antiga, depois de uma longa noite de fracasso, Jesus entrou na cena e, em alguns minutos, mudou tudo e tornou as coisas como deveriam ser.
2. O que fez a diferença?
3. Houve uma mudança em Pedro.
4. Observe três coisas que mudaram quando Jesus chegou:
a. Pedro foi forçado a admitir seu fracasso. v. 5
1) Este é o primeiro passo para voltar para casa.
2) Deve haver um reconhecimento de pecado e o mal proceder. 1 João 1:9 “Se confessamos nossos pecados, ele é fiel para perdoar nossos pecados e nos purificar de toda injustiça”.
b. Pedro começou a obedecer a Jesus novamente. v. 6
1) Ele parou de fazer as coisas da maneira de Pedro e começou a fazê-las pela maneira do Senhor.
2) Isso trouxe sucesso onde houve apenas fracasso!
c. Pedro tem um desejo renovado de estar perto do Senhor. v. 7
1) Ele não estava disposto a esperar por um momento mais conveniente, mas foi ao encontro do Senhor imediatamente.
2) Ele estava pronto para retornar ... ele percebeu sua tolice e estava pronto para voltar para o Senhor.
3) Esta noite, se você se afastou de Deus, você precisa saber que você ainda tem um amigo em Jesus.
4) Ele não se esqueceu de você, e Ele não o abandonou.
5) Ele ainda te ama tanto quanto já amou. Ele só quer que você venha ao lugar que Pedro chegou.
6) Ele quer que você esteja disposto a confessar seus pecados, comece novamente a segui-lo e apenas ame-o como você deveria.

B. Ele o alimentou. v. 9-14
1. Quando Pedro e os outros discípulos chegaram à costa, descobriram que Jesus tinha um fogo preparado com peixe já cozinhando.
2. Encontraram lá, com o Salvador, todas as coisas que precisavam depois de estarem no barco durante toda a noite.
3. Eles encontraram alimento, calor e comunhão.
4. Eles encontraram um Salvador que os amou e que tinha todas as provisões no lugar que eles precisavam.
5. Tudo o que eles careciam naquele barco, eles encontraram quando foram a Jesus!
6. Estou aqui para lhe dizer esta noite que você encontra tudo isso e mais se você vier a Jesus.
7. Ele ama você e deseja ter uma estreita comunhão com você.

C. Ele o libertou. v. 15-17
1. Nestes versículos, encontramos o Senhor Jesus re-comissionando Simão Pedro para o ministério.
2. Estou certo de que Pedro sentia que seu trabalho e ministério se foram para sempre, mas Jesus veio chamá-lo de volta à luta!
3. Este foi um momento de comunhão e restauração entre Jesus e Simão Pedro.
4. Nestes poucos versos, Jesus liberou Pedro da escravidão de seu pecado e fracasso e o colocou de volta sobre o ministério de servir o Senhor.
5. O mesmo será verdadeiro para todo filho de Deus que retornar à casa do Pai hoje.
6. Ele não só perdoará seus pecados, mas Ele irá restaurar você para aquele lugar de serviço que você já manteve com Ele.
7. Você ainda tem um amigo em Jesus!

Conclusão: Jesus é o amigo dos caídos. Se você nunca creu em Cristo como seu Salvador, perceba esta noite que Ele é seu Amigo. Ele deu Sua vida por você no Calvário. Seu desejo é que você venha a Ele pela fé e seja salvo.

Se você é cristão, mas sabe que se afastou do Senhor. Posso convidá-lo para voltar para casa hoje? Volte ao Senhor agora mesmo. Seja qual for a sua necessidade, esta noite, eu convido você a vir.
Série: Jesus no Evangelho de João - Jesus: O Amigo Dos Caídos Série: Jesus no Evangelho de João - Jesus: O Amigo Dos Caídos Reviewed by Aldenir Araujo on outubro 21, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

Tecnologia do Blogger.