O dia em que Jesus Cristo foi crucificado é o dia mais infame da história do mundo. O retrato de Jesus está noite não é uma imagem bonita. É o retrato de Jesus: O Rei Crucificado.

Série: Jesus No Evangelho De João - Jesus: O Rei Crucificado
Texto: João 19:1-18

Introdução: Em 7 de dezembro de 1941, as forças armadas japonesas bombardearam a base naval dos EUA em Pearl Harbor, no Havaí. O presidente Roosevelt emitiu um discurso através de rádio no dia seguinte que descreveu o evento como um "dia que viverá na infâmia".

O dicionário de Webster descreve a infâmia como: "desgraça, desonra, grande maldade". Ouvi o assassinato do presidente Kennedy descrito como o dia mais "infame" na história dos Estados Unidos. Isso pode muito bem ser verdade. Talvez o dia que chega a nossa mente nesta noite como uma inclusão mais recente dos dias infames da história seria 11 de setembro de 2001. No entanto, eu gostaria de levá-lo no tempo para um dia a mais de 2.000 anos atrás, que será para sempre como o máximo dia infame na história da humanidade.

Naquele dia, a humanidade ergueu o punho rebelde contra o Todo-Poderoso. Naquele dia, o Filho de Deus tornou-se o Cordeiro morto desde a fundação do mundo. O dia em que Jesus Cristo foi crucificado é o dia mais infame da história do mundo. O retrato de Jesus está noite não é uma imagem bonita. É o retrato de Jesus: O Rei Crucificado.

I. O Rei Crucificado Suportou:

A. Grande sofrimento:
1. Jesus Cristo foi submetido ao ridículo e à vergonha.
a. Por roubo ou assassinato, um escravo romano era desnudo e crucificado.
b. O sem pecado Filho de Deus recebeu o mesmo tratamento vergonhoso.
c. Hebreus 12:2 nos diz que Ele "suportou a cruz desprezando a vergonha".
d. O pecado e a vergonha não podem ser separados, de modo que Ele suportou o pecado. Ele também sofreu a vergonha.
e. É um fato trágico que muitos hoje, que professam ser cristãos, tem vergonha daquele que suportou a vergonha no Calvário.
2. Jesus Cristo foi espancado severamente.
a. Ele foi levado e açoitado na mão de um especialista.
b. O instrumento era um "flagelo", que era composto por uma alça de madeira à qual estavam presas longas tiras de couro com pedras e metal costurado às pontas.
c. Com cada golpe, a carne e o tecido muscular eram literalmente rasgados do corpo.
d. A sentença máxima foi de 39 cílios, porque ninguém poderia sobreviver a 40 açoites
3. Jesus Cristo foi zombado e desprezado por aqueles que deveriam ter feito amizade com ele.
a. Ele veio para os seus, mas os seus não o receberam.
b. "Eles disseram: "Crucifica-o!"
c. Então Jesus foi levado e pregado na cruz por ordem de Pilatos.
d. A quantidade de sofrimento que Ele suportou por nós na cruz ultrapassa nossa imaginação.

B. Morte física:
1. Ele morreu uma morte voluntária.
a. João 10:11: "... o bom pastor dá sua vida pelas ovelhas".
b. Ele disse: "... ninguém ma tira de mim, mas eu de mim mesmo a dou".
2. Ele morreu uma morte substitutiva.
a. Jesus morreu por você e eu, junto com o resto da humanidade.
b. Pedro disse: "levando ele mesmo os nossos pecados em seu corpo sobre o madeiro..." 1 Pedro 2:24
c. Paulo escreveu: "... que se deu a si mesmo por nós para nos remir de toda a iniquidade..." Tito 2:14
3. Ele morreu uma morte necessária.
a. Romanos 6:23: "O salário do pecado é a morte ..."
b. Ele teve que morrer e derramar Seu sangue por nós.
c. "Sem derramamento de sangue não há remissão", Hebreus 9:22
d. Como o cordeiro era sacrificado e o sangue era derramado como expiação ... da mesma maneira o Cordeiro de Deus derramou Seu sangue no Calvário para expiar nossos pecados de uma vez por todas!

II. O Rei Crucificado Observado.

A. Havia os espectadores.
1. Eram aqueles que vieram assistir Sua crucificação, com apatia.
2. Eles eram indiferentes ao Seu sofrimento e à injustiça e ao ódio que o colocou lá.
3. Eles nunca odiaram a Cristo, eles simplesmente não se preocupavam com Ele.
4. Isto pode ser visto melhor, quando os soldados lançaram sortes por Suas vestes enquanto ele sofria a agonia da cruz.

B. Havia os inimigos.
1. Os escribas, sacerdotes e governantes dos judeus.
2. Eles haviam procurado por algum tempo uma maneira de silenciar Sua mensagem para o povo, e agora eles estavam gostando do acontecido.
3. Ele revelou seus modos perversos e hipócritas e eles buscavam alívio de Suas palavras de convicção.

C. Havia os amigos.
1. É triste, mas essa era a multidão menor naquele dia.
2. Apenas um punhado de amigos simpatizantes que não se envergonharam de serem reconhecidos como aqueles que o amavam.
3. O grupo consistia principalmente de mulheres, apenas João e talvez Pedro, estava disposto a serem identificados com Ele na Sua morte.
4. As grandes multidões que foram alimentadas com peixes e pães não estavam lá, muitos que foram curados por Seu toque amoroso não foram encontrados, e apenas alguns seguidores consagrados estavam à disposição quando Ele morreu.

D. As multidões são as mesmas hoje.
1. Há aqueles que odeiam o som de Seu nome.
a. Eles não querem nada com Cristo ou Sua igreja.
b. Eles estão muito preocupados com seus próprios planos e objetivos.
c. Muitos andam no pecado e usam seu tempo, talentos e influência para Satanás.
2. Há tantos hoje que são apenas indiferentes.
a. Eles não odeiam a Cristo, mas eles não parecem importar-se com o fato de Ele ter morrido por eles.
b. Eles se contentam em viver suas vidas como se não houvesse eternidade.
c. Eles são frios e insensíveis em relação à Sua igreja e ao Seu povo.
3. Graças a Deus, há aqueles que o amam, e não tem vergonha de se identificar com Ele.
a. Eles são fiéis para servi-lo da maneira que puderem.
b. Eles procuram dizer aos outros sobre a Sua maravilhosa graça salvadora.
c. Eles são fiéis a Ele em suas vidas diante dos demais.

III. O Rei Crucificado Assegurou:

A. O amor e o sacrifício de Deus.
1. "Porque Deus amou tanto o mundo que deu o seu filho unigênito ..."
a. Quando Deus deu Seu Filho, não foi com alguma expectativa que Ele pudesse, de algum modo, escapar da maldita morte de Cruz.
b. Deus não tinha esperança de salvar homens, senão pela morte de Seu Filho.
c. Assim também, o homem não tem esperança de ser salvo, senão através do poder da Cruz.
d. Atos 4:12: "E em nenhum outro há salvação; porque debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, em que devamos ser salvos"
2. "e andai em amor, como Cristo também vos amou, e se entregou a si mesmo por nós, como oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave" Efésios 5:2
a. A cruz representa o amor do Pai e o sacrifício de Deus, o Filho.
b. A mensagem da Cruz é a mensagem do amor infinito e imerecido.
c. Somente Deus poderia amar os pecadores o suficiente para dar Seu único Filho ao sacrifício pelos nossos pecados.
d. "Mas Deus dá prova do seu amor para conosco, em que, quando éramos ainda pecadores, Cristo morreu por nós" Romanos 5:8

B. Redenção e salvação do homem.
1. O plano de redenção foi estabelecido antes da fundação do mundo.
a. João Batista identificou Jesus como o "Cordeiro de Deus que tira os pecados do mundo" João 1:29
b. Mas o livro de Apocalipse nos diz que Ele é o "Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo", Apocalipse 13:8
2. Esse plano foi concluído quando Jesus clamou: "Está consumado!"
a. Ele veio dar a Sua vida em resgate por muitos.
b. Jesus teve que morrer de acordo com o plano de redenção de Deus.
c. Uma vez que a redenção foi consumada, a salvação está dentro de cada pessoa.
d. "Em quem temos a redenção através do Seu sangue, o perdão dos pecados ..." Efésios 1:7
  • O rei crucificado suportou grande sofrimento e morte física ...
  • O rei crucificado observou as multidões de pessoas sobre a cruz ...
  • O rei crucificado assegurou a cada um de nós o amor e o sacrifício de Deus, resultando em nossa redenção e salvação ...
Conclusão: Ao vê-lo hoje, ele é o rei crucificado ... você já o recebeu como seu Salvador pessoal? Você está aguardando pelo seu retorno como nosso Soberano Senhor? Venha hoje, seja qual for a necessidade ... o rei crucificado deu a sua preciosa vida por você e por mim.

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Aldenir Araujo

Postar Um Comentário:

0 comentário, adcione o seu

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!