As 7 leis da colheita - Lei 1 “Colhemos apenas o que foi semeado”

As 7 leis da colheita - Lei 1 “Colhemos apenas o que foi semeado”Texto: Gálatas 6:7-8

Introdução: Normalmente, a maioria de nós quando pensamos no conceito de colher o que semeamos, pensamos nela no sentido negativo. Nós pensamos de sofrer as consequências pelas ações pecaminosas ou escolhas erradas, mas as leis da colheita não são apenas negativas.

Essas leis também são positivas, muito positivas, e se destacam como uma promessa de bênção para semear o que é bom, bem como uma advertência contra a semear o que é ruim.
[post_ad]
Há sete leis da colheita. Ao longo das próximas semanas vamos considerar cada uma delas e aprender com esses princípios.
  1. Colhemos apenas o que foi semeado
  2. Colhemos a mesma em espécie como semeamos
  3. Colhemos em uma temporada diferente do que semeamos
  4. Colhemos mais do que semeamos
  5. Colhemos na proporção que semeamos
  6. Colhemos a safra total do bem só se perseverarmos
Não podemos fazer nada quanto a colheita do ano passado, mas podemos fazer para este ano

Nota: Gálatas 6:7-8

I. Nós colhemos apenas o que foi semeado

A. Introdução
1. A vida é cheia de escolhas, escolhas que nos afetam no dia a dia em tudo que fazemos.
2. Isso significa que nossas escolhas diárias não são sem significado.
3. Nossas escolhas afetam a nós e outros de maneira dramática se o vemos de imediato ou não.
4. Enquanto a terra durar, ninguém vai zombar de Deus, alterando nem mesmo por um momento as leis da colheita. "Portanto, vede diligentemente como andais, não como néscios, mas como sábios, usando bem cada oportunidade, porquanto os dias são maus. Por isso, não sejais insensatos, mas entendei qual seja a vontade do Senhor. E não vos embriagueis com vinho, no qual há devassidão, mas enchei-vos do Espírito" (Efésios 5:15-18) - "Ensina-nos a contar os nossos dias de tal maneira que alcancemos corações sábios" (Salmo 90:12 )
B. Por que precisamos de sabedoria?
1. Assim, podemos fazer escolhas sábias!
2. O que colhemos foi plantado naturalmente ou propositalmente, seja por Deus ou pelo homem, e para resultados positivos ou para resultados negativos.
3. Em outras palavras, esta lei da colheita, colhemos apenas o que foi semeado, tem tanto um lado positivo como um lado negativo.
C. O lado positivo
1. Colhemos bênçãos do trabalho dos outros. "Eu vos enviei a ceifar onde não trabalhaste; outros trabalharam, e vós entrastes no seu trabalho" (João 4:38)
2. Colhemos bênçãos por causa do que Deus tem feito em nosso favor.
a. As bênçãos da graça comum. "para que vos torneis filhos do vosso Pai que está nos céus; porque ele faz nascer o seu sol sobre maus e bons, e faz chover sobre justos e injustos" (Mateus 5:45) - "Toda boa dádiva e todo dom perfeito vêm do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação" (Tiago 1:17) - "Respondeu João: O homem não pode receber coisa alguma, se não lhe for dada do céu" (João 3:27)
1) Deus é misericordioso para com todos os homens, quer eles percebam ou não, ou se nunca lhe deram graças por Suas bênçãos.
2) Na verdade, cada bom presente que desfrutamos vem de Deus.
b.As bênçãos da salvação pela graça. "E o testemunho é este: que Deus nos deu a vida eterna; e esta vida está em seu Filho. Quem tem o Filho tem a vida; quem não tem o Filho de Deus não tem a vida" (1 João 5:11-12 ) - "Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna" (João 3:16)
1) Independentemente da falta de gratidão do homem, Deus deu ao homem o maior presente de todos em seu Filho.
2) Ele se fez homem e foi para o Calvário para que pudéssemos ter a vida pela fé nEle.
3. Colhemos bênçãos colhemos por causa do que os outros fizeram em nosso nome.
a. Não só somos abençoados por causa do que Deus tem feito em nosso favor, nós também somos abençoados pelo que os outros fizeram.
b. Outros trabalharam e colhemos as bênçãos de seus trabalhos.
c. As bênçãos que desfrutamos no nosso país, da liberdade, do direito, de ministrar aos que sofrem, aos pobres e afins, são todos os subprodutos do cristianismo e nossa herança divina.
d. Não damos conta das implicações de longo alcance de nossas escolhas na vida dos outros - filhos, familiares, colegas de trabalho, amigos?
4. O ensino das Escrituras em ser um exemplo para os outros. “Porque eu vos dei exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também" (João 13:15) - "De sorte que vos tornastes modelo para todos os crentes na Macedônia e na Acaia" ( 1 Tessalonicenses 1:7) - "Ninguém despreze a tua mocidade, mas sê um exemplo para os fiéis na palavra, no procedimento, no amor, na fé, na pureza" (1 Timóteo 4:12) - "Em tudo te dá por exemplo de boas obras; na doutrina mostra integridade, sobriedade" (Tito 2:7)
5. Ser um bom exemplo é uma forma de semear, que pode resultar em colher mudanças semelhantes a Cristo na vida dos outros.
D. O lado negativo.
1. Nós colhemos os erros que outros semearam
a. Colhemos certa quantidade de errado herdado de nossos pais. "Eis que eu nasci em iniquidade, e em pecado me concebeu minha mãe" (Salmos 51:5 ) - "Alienam-se os ímpios desde a madre; andam errados desde que nasceram, proferindo mentiras" ( Salmos 58:3 ) - "Adão viveu cento e trinta anos, e gerou um filho à sua semelhança, conforme a sua imagem, e pôs-lhe o nome de Sete" (Gênesis 5:3 ) - "O Senhor é tardio em irar-se, e grande em misericórdia; perdoa a iniquidade e a transgressão; ao culpado não tem por inocente, mas visita a iniquidade dos pais nos filhos até a terceira e a quarta geração" (Números 14:18)
1) Nós todos colhemos o pecado de Adão e passamos isso para os nossos filhos.
2) Isso significa não apenas uma natureza pecaminosa, mas coisas que as crianças podem aprender, como ser crítico de uma falha encontrada nos pais.
b. Nós colhemos o mal de líderes tolos e corruptos. Isaias 2:5
1) Isso muitas vezes inclui o juízo de Deus sobre a sociedade - passado, presente e futuro.
2) O que está acontecendo em nossas cidades em todo o nosso país é que nós estamos entesourando ira para nós mesmos. Romanos 2:5
3) É motivo de preocupação para nós, porque, se o Senhor tardar, isso pode nos afetar muito.
4) Como uma nação, tudo o que fazemos é mal, porque nós, como pessoas estamos errados espiritualmente e moralmente.
5) Observe o autor Edward Gibbon, que, em 1787 , após 20 anos de trabalho, completou o seu livro O Declínio e a Queda do Império Romano, ele atribuiu a queda do Império como sendo:
  • O rápido aumento do divórcio, o enfraquecimento da dignidade e santidade do lar, que é a base da sociedade humana.
  • Impostos mais altos e mais elevados e os gastos de recursos públicos para pão de graça e circo gratuito para a população.
  • A mania louca de prazer; esportes se tornando a cada ano mais emocionante e mais brutal.
  • A construção de armamentos gigantescos quando o verdadeiro inimigo estava dentro, a decadência do povo.
  • A decadência da religião – a fé sumindo mera forma, perder o contato com a vida e tornar-se impotente para alertar e orientar as pessoas.
Na próxima semana estudaremos a segunda das sete leis da colheita.

Pr. Aldenir Araújo

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

As 7 leis da colheita - Lei 1 “Colhemos apenas o que foi semeado” Reviewed by Aldenir Araujo on terça-feira, março 18, 2014 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

All Rights Reserved by O Pregador © 2014 - 2015
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.