A Direção De Deus

A Direção De DeusTexto: Atos 16:6-10
 
Introdução: Um dos grandes perigos (problemas) na vida cristã é tomar decisões equivocadas: namoro, casamento, carreira, trabalho, etc.
 
Um dos grandes privilégios de ser um filho de Deus é experimentar a direção do nosso Pai Celestial. Ele nos ama, e quer nos guiar. Ele tem muitas formas de faze-lo – através da Sua Palavra, através do Seu Espírito, através do Seu Corpo (a Igreja), e através das circunstancias.
[post_ad]
Neste texto, temos um testemunho claro e contundente da direção de Deus no ministério de Paulo. O que podemos aprender acerca da direção de Deus, deste incidente?

I. Deus nos guia quando estamos fazendo sua vontade. (v.6a)

Paulo e Silas não estavam fazendo o que eles queriam; estavam cumprindo a ordem divina de pregar o evangelho. Foi nesse contexto que experimentaram a direção de Deus.
 
Notemos que eles não estavam constantemente buscando a direção de Deus. Por que não? Porque sabiam que o que estavam fazendo era a vontade de Deus, e confiavam que estando na vontade de Deus, Ele lhes guiaria.
 
Se o que estamos fazendo NÃO é a vontade de Deus, então não podemos esperar que Ele nos guie. Ele só guia as pessoas que estão fazendo Sua vontade, e que vive dia a dia para Ele. Se nossa vida está mal direcionada, não podemos esperar a direção de Deus para nossas vidas. É nossa responsabilidade assegurar que o ‘barco’ das nossas vidas esteja indo na direção correta, em primeiro lugar!
 
EXEMPLO: Deus guiando o servo de Abraão (Gênesis 24:27).
 
Nossa vida está indo na direção correta?

II. Deus nos guia fechando portas. (v.6b-8)

Quando estamos indo na direção correta, podemos confiar que Deus nos guiará. Muitas vezes o faz, simplesmente fechando as ‘portas’, para encaminhar-nos na direção correta. Neste texto temos um claro exemplo disso.
 
Eles estavam em plena segunda viagem missionária (ver Atos 15:36-41). O propósito da viagem missionária era visitar as igrejas estabelecidas durante a primeira viagem (Atos 15:36). Logo após o desentendimento com Barnabé, Paulo seguiu com Silas, indo pela Síria e Cilicia (Atos 15:41), seguindo em direção ao norte (quem sabe visitando as últimas igrejas plantadas durante a primeira viagem missionaria). Depois de ter atravessado a Frigia e a província de Galácia (Atos 16:6), intentaram ir para o norte da Ásia Menor. Foi ai que o Espírito Santo interveio. Lucas escreve, “tendo sido impedidos pelo Espírito Santo de anunciar a palavra na Ásia” (Atos 16:6b). Não sabemos como. Provavelmente foi uma serie de circunstancias, que lhes tirou a paz acerca de ir para o norte.
 
No podendo ir para o norte, foram para o oeste (para Mísia, v.7), entendendo que não deviam ficar parados. Mas, quando voltaram a tentar ir para o norte (para Bitínia), uma vez mais “... mas o Espírito de Jesus não lho permitiu”. (v.7b).
 
O que aprendemos de este incidente? Varias lições importantes:
 
a. Deus é soberano sobre nossas vidas. Ele tem o direito de decidir aonde vamos, e o que vamos fazer.
b. A necessidade de discernir a direção do Espírito Santo. Saber que é Ele quem está por trás de circunstâncias adversas.
c. Deus nem sempre nos explica porque não quer que façamos algo. Deus não explicou nada a Paulo!
d. Não devemos insistir em fazer algo, quando Deus disse ‘não’. Devemos nos submeter a soberania de Deus.
e. Tampouco devemos ficar paralisados diante de uma negativa de parte de Deus.

III. Deus nos guia por revelações particulares. (v.9)

A pesar da negativa de Deus, Paulo continuou avançando; Deus o estava conduzindo para o oeste. Paulo chegou a Troas (v.8). Foi ali que Deus falou, claramente com Paulo. O fez através de “uma visão de noite” (v.9).
 
Qual é a diferença entre um ‘sonho’ e uma ‘visão’?
 
Na visão Paulo VIU algo (“um varão macedônio estava em pé”, v.9a), e também ESCUTOU algo (“rogando-lhe e dizendo: Passa a Macedônia e ajuda-nos”, v.9b).
 
A vida cristã é uma vida de relação; de comunhão com Deus. Dentro dessa relação/comunhão, se subentende que há comunicação. Todo crente tem o direito e o privilegio de ouvir a voz de Deus, falando-lhe e guiando-lhe. Deus prometeu faze-lo (Salmo 32:8).
 
Como Deus nos guia? O faz, principalmente, através da Sua Palavra. Nela, Ele nos dá instruções acerca da Sua vontade (1 Tessalonicenses 4:3). Também nos guia através do Seu Espirito Santo, que habita em nós.
 
No entanto, para disfrutar Sua direção há algumas condições que devemos cumprir:
 
a. Devemos desejar ser guiados por Ele. Se não queremos que Ele nos guie, Ele não o fará; Ele nos deixará cometer nossos erros.
EXEMPLO: Josué enganado pelos gibeonitas (Josué 9:14).
b. Devemos evitar a atitude que sabemos todos, e que não precisamos da direção de Deus (Provérbios 3:5-6).
c. Devemos ser ‘mansos’ e submissos a Sua direção (Salmo 25:9).

IV. Deus nos guia abrindo portas. (v.10-12)

Uma vez que Paulo soube da vontade de Deus, “em seguida procuramos partir para Macedônia…” (v.10).
 
Não só procuraram fazer, como realmente o fizeram, porque as ‘portas’ se abriram. Encontraram um barco que ia nessa direção, e logo chegaram a Neápolis (v.11), e dali passaram a Filipos (v.12), que era a capital da província de Macedônia.
 
Quando conhecemos a vontade de Deus, podemos confiar que Ele abrirá as portas para avançarmos. Se as portas não se abrem, podemos confiar que Ele vai abrir. Insistimos em ir adiante, porque sabemos que essa é a Sua vontade para nossas vidas.
 
Mesmo quando algo é a vontade de Deus para nossas vidas não existe garantia que tudo será fácil. Em Filipos, Paulo acabou sendo açoitado (Atos 16:22), e lançado no cárcere (Atos 16:23-24). Contudo, podia cantar e louvar a Deus (Atos 16:25), porque ele sabia que estava no centro da vontade de Deus para sua vida.
 
Conclusão: Conhecemos a vontade de Deus para nossas vidas?
Queremos conhecer a vontade de Deus para nossas vidas?
Estamos nos deixando guiar por Ele, ou pensamos que não precisamos buscar a vontade de Deus?
 
Pr. Aldenir Araújo

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

A Direção De Deus Reviewed by Aldenir Araujo on terça-feira, janeiro 14, 2014 Rating: 5

Um comentário:

  1. A Paz do Senhor Jesus!!

    Isso é o que muitos necessitam, deixar que Deus tome conta dos nossos caminhos, as vezes os nossos erros se deparam por nosso egoismo de não querer ajuda, de achar que somos sábio demais.

    ResponderExcluir

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

All Rights Reserved by O Pregador © 2014 - 2015
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.